7 problemas que as mulheres têm com sutiãs

Você já fez as pazes com os seus sutiãs ou vive em pé de guerra?

Não é de hoje que as mulheres reclamam dele, por isso resolvi listar 7 problemas que as mulheres têm com sutiãs e que as deixam loucas.

Tenho amigas que tiram o sutiã antes mesmo de chegar em casa, no carro. Outras, que só têm uns 5 modelos diferentes (um para cada dia da semana, exceto o fim de semana – rs), porque não gostam de nenhum modelo. E o que dizer das mulheres que usam o sutiã de forma errada?

Os erros são muitos quando o assunto é lingerie. Parece bobagem, mas as pessoas nem mesmo sabem porque têm uma relação “conflituosa” com esse item do nosso guarda-roupa que, se bem escolhido e bem cuidado, pode se tornar um amigo de muito valor.

1- Sutiã muito apertado

Sutiã muito apertado

A maioria dos problemas que as mulheres têm com sutiã passa por esse motivo. Muitas não sabem comprar o tamanho certo ou não aceitam o tamanho que estão usando. E até mesmo acham que o certo é um sutiã bem apertado.

Um sutiã apertado estraga qualquer produção. O peito fica amassado, pra fora. As gordurinhas das costas se sobressaem e, até quem não tem, passa a ter. Não combina, não é bonito.

Se você quer um sutiã que valoriza o colo ou que levanta os seios, busque os modelos apropriados para isso. Os sutiãs modelo push up aproximam e levantam os seios, dando aquele “up” no look.

2. Sutiã largo

Normalmente quem emagrece um pouquinho continua usando os sutiãs. E, não sei se você já percebeu, um pouquinho que a gente emagrece reflete nos seios. Por que tem que ser assim, né? Se a gente pudesse escolher exatamente que parte do corpo gostaria de emagrecer…

O ideal é comprar sutiãs novos, porque sutiãs maiores que os seios vão marcas por baixo das roupas, na certa!

3. Bojo deformado

sutia-velho-o-que-fazer

Ah… Esse problema é de chorar. Porque não tem solução. Quando o bojo é amassado e fica com “estrias”, ou dobrado na parte superior e volta ao molde original, esquece.

Como evitar: Evite a máquina de lavar e tome cuidado ao guardar o sutiã. JAMAIS inverta os bojos do sutiã para guardá-los tipo conchinha, é deformação na certa!

4. Aro que se solta

aro de sutiã

Sabe quando a costura do aro (aquele ferrinho que fica abaixo do bojo) se rompe e o aro sai? Então, normalmente você tem um rápido acesso de ira e culpa a marca do sutiã. E depois fica sem saber o que fazer, não é?

Bom, a marca do sutiã pode ser a culpada sim. Costuras mal feitas ou tecido de qualidade ruim podem ocasionar isso sim, porém, a máquina de lavar roupas também é uma vilã.

Quem tem alguma habilidade com linhas e agulhas pode tentar costurar a mão mesmo. Costuma funcionar.

5. Sutiã que “sobe” nas costas

tamanho de sutiã

HORROROSO. Nada mais define esse visual. Se você veste um sutiã e ele sobre nas costas, das duas uma: ou você não soube vestir ou ele possui um problema na modelagem.

O correto é ajustar as alças, de forma que ele fique retinho nas costas. Não pode subir. Se as alças estiverem ajustadas e ele subir assim mesmo, é porque tem algum problema com a modelagem ou mesmo o tamanho não está adequado. Sutiãs com copas diferenciadas costumam ser a solução para quem tem seios maiores e costas mais finas.

6. Marcas de sutiã na pele

7 problemas que as mulheres têm com sutiãs

Essas sim são de doer… Sabe quando você chega em casa depois de um dia inteiro fora e, ao tirar o sutiã, observa as marcas vermelhas na pele?

Mulheres mais claras sofrem mais com isso. E a solução é tentar encontrar modelos de sutiãs que não apertam, que possuem tecidos e aviamentos, especialmente elásticos, mais confortáveis.

Agora me conta, que outros problemas com seus sutiãs tiram você do sério?



Como vestir um sutiã corretamente

Como vestir um sutiã corretamente

Você sabe como vestir um sutiã corretamente?

Um post que ensina a vestir um sutiã corretamente. Parece estranho, não é? Afinal, toda mulher usa essa peça de lingerie desde a pré-adolescência e nunca se depara com essa dúvida. Vestir um sutiã é quase instintivo.

Mas, acredite, muita gente não sabe como vestir um sutiã corretamente. E então a mulher fica pensando que a marca não veste bem, que há algum problema com a lingerie e até com ela mesma.

Quando a gente veste uma roupa qualquer, como uma calça e uma blusa, normalmente a gente para em frente ao espelho e AJUSTA a roupa no corpo até que ela fique bem, com tudo no lugar, não é? Gola, mangas, laterais. A gente se mexe um pouquinho, vira de uma lado e do outro até tudo se ajustar e a gente se sentir pronta pra sair de casa.

O mesmo deveria acontecer com o sutiã. Mas não acontece. A mulher costuma colocar o sutiã e pronto. E acha que está tudo certo. Ou tudo errado, mas sai de casa assim mesmo.

Tudo precisa estar encaixado e nada pode ficar te incomodando!

COMO VESTIR UM SUTIÃ

Então pensei em alguns passos que podem ajudar você a vestir o sutiã da melhor forma possível para que ele se ajuste no seu corpo e favoreça o caimento das roupas.

Vamos lá?

1. Escolha o tamanho correto

tamanho de sutiã

Não é chover no molhado, acredite. Há pesquisas que comprovam que a maioria das mulheres não veste um tamanho correto de sutiã. Por várias razões. Não sabe o tamanho, não admite que engordou e que precisa aumentar o número, acha que sutiã apertado é bonito, enfim, é uma lástima.

Se você não sabe se está usando o tamanho certo, pegue uma fita métrica e meça seus seios e seu tórax. Ao comprar um sutiã, busque a tabela de medidas da marca e procure encaixar as suas medidas. Se você estiver em uma loja física (e não virtual), peça diferentes tamanhos para acertar. Pode haver uma pequena variação entre uma marca e outra, isso é normal, especialmente no Brasil (embora não devesse acontecer…).

medidas de sutiã

2. Ajuste as alças

Antes de vestir o sutiã, ajuste as alças para um tamanho que você acredita ser ideal. É mais fácil fazer isso fora do corpo.

3. Vista o sutiã da forma como você achar mais fácil

Eu não acredito que exista um jeito certo de colocar o sutiã, muito embora algumas pessoas acreditem que a mulher deva se abaixar para que os seios se encaixem. Lindo isso, mas pouco funcional, na minha opinião. O certo é a gente que faz! Se você prefere vesti-lo do lado contrário, fechá-lo e, depois, encaixá-lo, ótimo. Se consegue vesti-lo normalmente e fechar nas costas, sem ver o fecho, melhor ainda.

como-vestir-um-sutiã

4. Ajuste o sutiã nos seios

Esse é o grande segredo de vestir o sutiã da maneira correta. É necessário que a mulher “puxe” delicadamente os seios para cima e tente encaixá-los direitinho dentro do bojo. O aro do sutiã não pode ficar em cima dos seios. Se isso acontecer, é porque a lingerie provavelmente está pequena.

image_put-on-bra_step2

5. Verifique se as alças estão ajustadas

A parte de trás do sutiã deve estar alinhada com a parte da frente, não pode “subir”. Se isso acontecer é porque as alças estão apertadas demais ou porque há um problema com a modelagem. Você pode retirar o sutiã e ajustar novamente as alças ou tentar fazer isso no próprio corpo.

image_put-on-bra_step4

6. Confira se está tudo no lugar

É só dar uma olhadinha no espelho e ver se tudo se encaixou, se você se sente confortável.

image_put-on-bra_step3 (1)

São detalhes simples que podem fazer a diferença no caimento das roupas, no seu conforto diário e na própria percepção que você tem de uma determinada marca de lingerie!

Esse vídeo, elaborado pela marca Figleaves, resume tudo o que eu disse. Dá uma olhadinha!



7 erros que cometemos ao comprar lingerie

7-erros-que-cometemos-ao-comprar-lingerie

Quer acertar na hora de comprar roupa íntima? Então confira 7 erros que cometemos ao comprar lingerie!

  1. Comprar um tamanho menor

Esse é um dos maiores erros cometidos pela maioria das pessoas. Sabe quando a gente não quer reconhecer que engordou um pouquinho e continua comprando roupa e lingerie no tamanho antigo?

O problema da lingerie é que ela fica apertada e marca o corpo, deixando às vezes até mesmo marcas no corpo, o que não é nem um pouco confortável.

Assuma o seu tamanho real e comece a comprar de maneira certa, porque sutiãs e calcinhas não podem apertar!

dicas de lingerie

  1. Comprar um tamanho maior

O inverso também costuma acontecer. Algumas mulheres emagrecem e continuam com a cabeça nas medidas grandes.

Calcinha e sutiã maiores que o necessário podem não marcar o corpo, mas ficam aparente na roupa, o que é muito feio!

Se esse é o seu caso, busque se medir e descobrir suas novas medidas.

comprar lingerie

  1. Comprar somente algumas cores

Comprar somente cores básicas é uma tendência entre nós, porque a gente acaba usando mais mesmo, no dia a dia, com roupas claras, em ambiente mais formal. Mas às vezes nos esquecemos de que é bom ter alguns modelinhos coloridos, estampados, mais sensuais, enfiam, para todas as ocasiões.

Ah! Comprar só lingerie para momentos especiais também pode deixar você na mão, afinal, a gente passa muito mais tempo resolvendo problemas, na rua, correndo de um lado para o outro, trabalhando bastante, cuidando dos filhos. Precisamos de lingerie confortável e básica, não é?

  1. Comprar body e camisola sem levar em conta o tamanho dos seios

Muitas mulheres compram bodys e camisolas de bojo do tamanho das roupas que normalmente veste. Isso não dá certo. Essas peças devem ser compradas com base no tamanho do sutiã, por uma razão óbvia. Se não servir nos seios, não ficará bem no corpo.

Por exemplo: Se você veste roupas tamanho 42, mas o sutiã é 44, compre essas lingeries no tamanho 44, ainda que fique mais larguinhas no corpo. Modelar os seios é prioridade neste caso.

  1. Não saber qual é o seu tamanho

Há uma pesquisa nos EUA mostrando que 80% das mulheres usam lingerie do tamanho errado.

Verdade ou não, o importante é que a mulher saiba exatamente as suas medidas de seio, tórax, cintura e quadril para acertar no tamanho. Assim, as chances de errar diminuem muito

  1. Não observar as tabelas de medidas das marcas

Com as suas medidas em mãos, caso esteja comprando em uma loja virtual (grande tendência), é só procurar a tabela de medidas da marca desejada. Normalmente ela fica na mesma página do produto que você está pesquisando.

Não tem erro! É só olhar as correspondências e acertar na escolha!

tabela de medidas lingerie

  1. Escolher um modelo que não fica bem em você

Às vezes a gente não tem noção de que alguns modelos não combinam com o nosso corpo e que outros são mais adequados, valorizam o que a gente tem de melhor.

Um exemplo: Se você tem quadril largo, deve evitar a calcinha string, aquela com tirinhas nas laterais. Isso porque as laterais vão marcar o quadril e dividi-lo ao meio, causando um efeito um pouco feio, comprometendo o seu look inteiro.

lingerie na internet

Conhecer o próprio corpo e buscar descobrir o que lhe favorece é parte do caminho andado para acertar na hora das compras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...