Madame Poá

Madame Poá é uma marca de lingerie que eu conheci em Nova Friburgo na Fevest 2013. As peças são uma graça, bem divertidas e únicas.


Parece que foram feitas só pra gente, sabe?


São delicadas, apresentam um ótimo acabamento e os detalhes são lindos!

O caimento é ótimo e os tecidos, de boa qualidade. Muitas peças são feitas em tule, o que torna a lingerie sofisticada e elegante, ao mesmo tempo.


Quem gostou e gostaria de comprar, pode entrar em contato com a marca para mais informações.

Apaixonante, não é? 


Wagner Marquette: Um designer incrível

Conheci nos últimos meses um estilista de lingerie, o Wagner Marquette

Presente no Salão Moda Brasil e na Fevest, Wagner apresenta sua marca de lingerie para o mercado de maneira muito inovadora e excelente. 

Com uma vasta experiência internacional, inclusive na Triumph, o designer elabora peças “perfeitas”. Visitando muitas marcas no Brasil, Europa e EUA, vi poucas que se comparam. 

O caimento das peças, as costuras, os acabamentos, os materiais utilizados, tudo é muito bem selecionado e cuidadosamente produzido. 

Um sutiã como esse da foto é todo forrado com um tecido reforçado, que proporciona firmeza à mulher e, ao mesmo tempo, leveza.


Sua coleção atual está cheia de rendas e tons vibrantes. “São tons coloridos que tenho na memória, cor de fruta e de água. Cores vivas como laranja, verde-água, azul, framboesa e lilás”. 

Cores básicas como preto, branco, cinza e nude ganham destaque em peças lindas e delicadas.


A impressão que tenho é que ele conhece as necessidades femininas como poucos(as) estilistas e consegue traduzir tudo em peças lindas e de alta qualidade. “Não trato todas elas [as mulheres] as como se fossem uma só. A coleção é fragmentada e os modelos são idealizados para os tamanhos que vão do 38 ao 44, bem como na versão plus size, do 48 ao 54”.

A sensação é exatamente essa: a de exclusividade!

Em um dos desfiles da Fevest, uma das peças de maior sucesso foi essa:
Wagner já assinou modelagem para projetos especiais do estilista Alexandre Herchcovitch e prestou consultoria para diversas marcas brasileiras. 

Já estava na hora de imprimir essa identidade única em uma marca própria!

Pessoas assim como ele me encantam. Têm o trabalho como uma paixão. E acabam dando o melhor de si para projetos pessoais incrivelmente bem-sucedidos.


E as apaixonadas por lingerie agradecem!

Onde encontrar: Specialità Lingerie



Sutiã perfeito

Um dos maiores dramas da mulher brasileira, quando o assunto é lingerie, é encontrar um sutiã que sirva perfeitamente. Digo da mulher brasileira porque os EUA e a Europa estão bem à nossa frente, produzindo diferentes tamanhos de taças de sutiã (denominados A, B, C, D e E).

Uma marca americana está chegando no mercado com uma proposta tentadora: desenvolveu um aplicativo que permite a mulher enviar duas fotos vestindo um sutiã. O programa então “enxerga” o tipo e tamanho de seios e consegue sugerir modelos que sejam adequados à sua necessidade.


Foram investidos $5,6 milhões, segundo informa a marca ThirdLove. E os cientistas que desenvolveram o App são da NASA! Quanta tecnologia para acertarmos!


Se você quiser se inscrever e participar, basta enviar uma solicitação de reserva (claro que rola um marketing básico por trás, né?).

Outras marcas vêm buscando oferecer o sutiã perfeito, como a Soma Intimates, a Brayola, a True&Co e a Victoria´s Secrets. Tabelas de medidas, calculadoras online, vídeos demonstrativos, tudo para proporcionar uma experiência de compra cada vez mais personalizada e exclusiva, bem como a gente gosta!



No Brasil, apenas algumas marcas têm buscado desenvolver linhas e coleções baseadas no tamanho das taças. Loungerie, Hope, Intima Passion, Thaís Ferreira são algumas delas.
A numeração (38 a 56) é mais adequada à realidade da mulher. Agora, o tal P, M, G me causa arrepios. Como podem as marcas dividir as mulheres em TRÊS categorias apenas? Quantos tamanhos de seios diferentes têm as mulheres brasileiras? Três? Quatro?

Enquanto a tecnologia não chega aqui, vamos tentando nos adequar, buscando tamanhos diferenciados, que vestem melhor, nas poucas e tímidas marcas que vêm desenvolvendo linhas com taças em diferentes tamanhos.

Acho que hoje foi o dia do desabafo!


A.Brand cria parceria com a Verve

Quem é fã da marca A.Brand, agora terá uma opção a mais na hora de comprar lingerie: a marca acaba de lançar uma parceria com a Verve

Foram criados quatro modelitos nas cores preto, branco, violeta, pink e melon.

A renda predomina, como em todas as novas coleções de lingerie. E as cores estão bem alegres, a cara do verão!


Os valores variam entre R$98 e R$158.

Os preços são salgados para alguns bolsos, mas são lindas, não é?




Meu primeiro sutiã

Quem não se lembra daquele famoso comercial da Valisere, “O primeiro sutiã a gente nunca esquece”?

Exibido em 1987, foi um dos mais marcantes até hoje na história da publicidade brasileira.

A cena final mostra a menina (Patrícia Lucchesi) na rua, vestindo pela primeira vez seu sutiã, cobrir os seios com os livros de escola, tímida, quando um rapaz passa e olha pra ela com “aquele olhar”.

E qual mulher já não passou por essa fase?

O primeiro sutiã é um marco na vida das meninas e as marcas de lingerie estão ligadas nisso. Especialmente com o amadurecimento cada vez mais precoce! 

Já é possível comprar sutiã para meninas de quatro anos! 

Essa ideia não me agrada muito. Criança é criança e a gente deve evitar ao máximo estimular nelas comportamento de adultos.

Mas a partir de certa idade, isso começa a mudar. Meninas de nove e dez anos já começam a precisar de um sutiã. E as mães devem ficar antenadas nessa fase pra ajudar as filhas nesse momento.

Pensando nisso, marcas de lingerie estão desenvolvendo linhas especiais infanto-juvenis.

A Menina-Moça, de Nova Friburgo, é especialista nesse tipo de lingerie. 

Sutiãs com e sem bojo, para meninas de seis a dezesseis anos. Cada um mais fofo que o outro! 


Fabricados em algodão ou microfibra, as estampas são delicadas e infantis.


A Del Rio também está investindo nesse público. Por isso, acabou de lançar a linha Miss DelRio, com lingerie em puro algodão, sem bojinho.

Agora não tem mais desculpas! As meninas-moça podem comemorar tanta opção de lingerie desenhada especialmente para elas.

E você? Lembra-se do seu primeiro sutiã?




Sutiã de led

A imaginação humana não tem limites mesmo!

Uma marca americana de lingerie, a Electric Style, acaba de lançar uma linha de sutiãs feita com led.

As luzes são ligadas a uma bateria e são programadas para brilhar  de acordo com a batida da música.


Dá pra acreditar?

Custam, em média, $60 e são entregues no Brasil.

Acho que as baladeiras vão adorar!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...