Art Renda – Conheça um pouco sobre essa marca

Conheça um pouco mais sobre a marca Art Renda.

Recebi alguns produtos dessa marca há alguns dias. Eu normalmente recebo muitas lingeries de várias marcas, o que é bem interessante, pois tenho a oportunidade de conhecer todo tipo de marca de lingerie do Brasil e do exterior.

Mas nem sempre as marcas chamam a atenção, confesso. Temos um longo caminho a ser percorrido ainda quando o assunto é qualidade, design, beleza.

Mas algumas marcas são diferenciadas. E isso foi o que eu percebi na Art Renda.

Recebi um body preto de renda e detalhes em cetim, que não me sai da cabeça. É, sem dúvida, um dos bodys mais lindos que eu já experimentei. A qualidade, o acabamento e o caimento são simplesmente perfeitos.

art renda

Cada detalhe dele parece ter sido feito à mão. É uma peça com cara de outwear, que pode ser usado com uma jaquetinha por cima, com jeans, shorts, uma saia, enfim, são muitas possibilidades. Inclusive, para atrair o olhar de alguém especial.

art renda

Esse modelo, especificamente é todo forrado, as costas são levemente fio dental, em tecido duplo, com abertura em colchetes na parte inferior. Body sem abertura é o “ó”, convenhamos. Preguiça total de vestir. Nesse caso, os colchetes são discretos, delicados e não machucam.

art renda

Poderia ficar aqui falando desse body até amanhã. Foi paixão à primeira vista mesmo!

A marca possui uma linha enorme, muita variedade, incluindo uma linha de camisolas para maternidade, que são belíssimas, além de lingeries para noivas, com peças lindas e delicadas.

art renda

Uma peça que eu adorei foi esse babydoll branco, super delicado. O tecido é fininho, a renda bem macia, e os detalhes são lindos. Sabe aquela roupa que você coloca e não quer mais tirar, de tão confortável?

art renda

art renda

A Art Renda possui um site próprio, com calcinhas, sutiãs, linha noite, plus size e uma linha lougewear, além das que eu já citei. São peças realmente diferenciadas.

E se você mora em Goiás, pode visitar uma das várias lojas físicas.

Art Renda, uma marca que eu adorei conhecer e recomendo.

Obs: Esse post é uma parceria com a marca, embora todas as opiniões sejam absolutamente verdadeiras.



Intimissimi lança coleção inspirada em ilha grega

Veja a nova coleção da Intimissimi e se apaixone mais uma vez.

Como sempre, as coleções da Intimissimi são divididas em diferentes temas. E um deles tem tudo a ver com a estação mais quente do ano: Um Dia em Santorini, inspirado na ilha grega de mesmo nome.

A minicoleção aposta em peças com fundo branco e estampas azuis, que remetem à cerâmica local, com vários itens de easywear, como calças estilo pijama, shorts, camisas e camisetas bem fresquinhas, que são a cara do verão, além das lingeries, claro.

intimissimi

Um Dia em Santorini

Considerada a mais romântica de todas as ilhas na Grécia, Santorini, com suas praias e falésias que mergulham direto no mar Egeu, é o destino perfeito para as férias.

O cenário de tirar o fôlego contrasta o azul intenso do mar com o branco e azul típico das construções gregas.

Destino desejo incontestável desta e de outras temporadas, serviu de inspiração para uma linha exclusiva da coleção de verão da Intimissimi.

intimissimi
Um Dia em Santorini é o nome da coleção cápsula composta por um conjunto de lingerie e top de seda pura com estampas florais de azul intenso, como porcelana antiga. Ainda conta com o conjunto Aegean Lace, inspirado nas ondas do mar Egeu: total white com detalhes de renda azul.

Algodão puro na linha Easywear traz desenhos típicos da faiança grega – sozinhos ou combinados com listras – para uma noite relaxante depois de um longo dia ao sol.

Santorini, cujas lendas antigas têm inspirado artistas de muitas gerações, ganha vida em peças com design simples, mas sofisticado, da Intimissimi.

intimissimi

E ai? É a cara do verão, não é? Super chic, sofisticado e delicado. O Intimissimi realmente tem surpreendido com coleções encantadoras, com a cara do Brasil, mesmo se inspirando em outros países. Um show de coleção. Parabéns à marca!



10 coisas que odeio em lingeries

Lingeries que desanimam qualquer um!

Quero dizer, tem gente que adora, que curte, mas eu detesto. São detalhes nas lingeries que fazem passar longe.

Selecionei 10 modelos que eu realmente não curto. Seja porque não combinam comigo ou porque é quase uma unanimidade entre as mulheres (e homens).

1. Sutiã com alça de silicone

alça de silicone

Ela não é invisível, acredite. Teve uma época em que ele era super famoso, década de noventa. Era a sensação usar essas alcinhas de plástico aparecendo, como se não estivessem aparecendo. Quando a gente vê uma aberração como essas na rua é que se lembra como aquilo era horroroso.

Se você curte, ok, então tente fazer um melhor uso dessas alcinhas. O menos é mais nesse caso.

2.  Lingerie infantilizada

lingerie infantilizada

É pessoal. Ou até cultural. Em documentário fantástico chamado “O Segredo da Lingerie“, exibido no GNT há algum tempo, vi que a lingerie com temas infantis é a maior sensação no Japão, especialmente entre os homens. Bom, como não sou japonesa (nem meu marido), confesso que passo longe desses modelos cheios que coisinhas que remetam a qualquer coisa infantil. São coisas que não combinam, na minha opinião.

3. Sobreposição de lingerie

lingerie sobreposta

Gosto do Harness. Acho legal, ousado, sofisticado se bem utilizado. Mas essa ideia de usar o sutiã como peça sobreposta não me agrada. Lingerie é pra ser usada debaixo da roupa. Inverter essa ordem e conseguir um efeito legal é muito difícil. Não consegui ver nada interessante até hoje…

4. Calcinha “ventilada”

calcinha ventilada

Você pode não acreditar, mas esse tipo de calcinha é muito comum em vários lugares do mundo. Conheço uma marca britânica que usa e abusa desse conceito. Acho feio. Queria saber a opinião dos homens!

5. Babados e mais babados

lingerie de babado

Detesto. Mas isso é muito pessoal, eu sei. Tem gente que acha lindo. Eu tenho dificuldade de lidar com o tal do babado. Me lembra algo infantil. E aumenta o volume debaixo da roupa.

6. Gambiarras
gambiarras de lingerie

Essas gambiarras que as pessoas (e neste caso a própria marca do sutiã) fazem para melhorar a performance da peça não são interessantes, ainda que funcionais. Um dia eu vi uma dessas em uma postagem no Face sobre sutiã tomara que caia. Não resisti e fiz um comentário demonstrando a minha reprovação. Você não imagina quanta crítica eu recebi. Me impressiona não apenas quanta gente gosta das gambiarras, mas como o brasileiro é intolerante à opinião contrária à dele, né?

7. Laços enormes

laços exagerados

É difícil uma lingerie com laços enormes ficar bonita. Até já vi, mas normalmente não cai bem…

8. Lingerie Outdoor

lingerie outdoor

Foi a melhor expressão que eu encontrei para o exagero das logos nas lingeries. Afinal, o que se busca com um modelo como esse?

9. Transparência no lugar errado
transparencia errada

Adoro transparências na lingerie. Mas, no lugar errado, ela pode ser uma catástrofe. Modelos como esse eu acho bem feios. Mais uma característica da lingerie europeia

10. Tiras excessivas

calcinha strappy

A onda do strappy é muito legal. Mas tiras demais e em lugares bizarros pode acabar com qualquer produção.

E você? O que não curte na lingerie?



10 tipos de lingerie que toda mulher deve ter

Já pensou no que pode estar faltando na sua gaveta de lingerie?

Não adianta escolher as melhores roupas, as marcas mais famosas, investir naquele vestido de festa e descuidar da lingerie. As melhores produções têm as melhores lingeries como aliadas.

Os vestidos ficam mais bonitos com os sutiãs certos. As calças e saias mais justas ficam melhores no corpo quando a calcinha foi bem selecionada. A gente se sente mais bonita quando a lingerie é “poderosa”. Isso é um fato.

Agora, o que não pode faltar no seu guarda-roupa quando o assunto é lingerie?

Selecionei 10 modelos que toda mulher deveria ter, porque são as lingeries mais práticas e multifuncionais, em alguns casos.

1. Sutiã tomara que caia

10 tipos de lingerie que toda mulher deve ter

Especialmente no verão, ele não pode faltar. É um curinga no guarda-roupa, super necessário para decotes também tomara que caia.

2. Calcinha sem costura

Calcinha sem costura

Elas são sensacionais! Não marcam sob a roupa, ideais para serem usadas com vestidos, saias e calças justinhas. Eu tenho um certo “pavor” de calcinha marcando, especialmente se for grande, daquelas que “dividem” as nádegas ao meio… Gente, fica muito feio! Experimente uma calcinha sem costura e veja o que ela pode fazer por você!

3. Strappy Bra

Strappy Bra

Não tem como passar o verão sem ele. Super prático e fashion, pode ficar à mostra com tiras no colo, nas costas ou abaixo dos seios. Uma mega tendência de verão.

4. Sutiã Adesivo

sutia adesivo

Para quem tem seios pequenos a médios, é uma salvação. Vestidos decotados nas costas exigem um sutiã adesivo.

5. Cropped

cropped

O cropped chegou há um tempo e não sai de moda. Ele é perfeito para ser usado com transparências, fica lindo em várias produções. Só não cai muito bem em quem tem um biotipo mais oval, com maior volume no abdômen. Mas em todos os outros, fica lindo.

6. Body de Renda

 Body de Renda

Ele chegou de mansinho e hoje é uma paixão da mulherada. Ele modela o corpo, é ideal para ser usado com transparências e deixa qualquer mulher linda, das mais magrinhas às mais cheinhas.

7. Body Modelador

body modelador

Para todas as mulheres que têm uma barriguinha saliente, o body modelador é um solução. Ele reduz medidas, deixa tudo no lugar e garante uma produção perfeita.

8. Espartilho

espartilho

Em algum momento você vai querer usar. Lindos, eles podem surpreender por baixo de vestidos ou calças. Com ou sem meia-calça, é um tipo de lingerie que deixa a mulher muito bonita.

9. Sutiã Nude

Sutiã Nude

Ou bege. Dizem que é brochante, eu sei. Mas é uma necessidade! Uma camisa branca para um evento formal pede uma lingerie cor da pele. Há algumas variações, como o uva (um lilás mais claro), que podem substituí-lo, mas ele não pode faltar.

10. Lingerie Sensual

 Lingerie Sensual

Ela faz você se sentir mais bonita, poderosa, sensual. Ainda que ninguém vá ver, é gostoso usar uma lingerie nova, rendada, com cores lindas, enfim, faz parte da nossa feminilidade.



Lingerie à mostra: aprenda a usar

Que deixar a lingerie aparecer mas não sabe como?

Lingerie à mostra é uma novidade no mundo da moda. Não faz muito tempo que mostrar alguns detalhes das lingeries nas produções deixou de ser vulgar e passou a ser um aspecto bem interessante da moda.

Faz bem pouco tempo mesmo! Eu sou do tempo que deixar a alça do soutien aparecendo era quase um pecado mortal. Inclusive as gerações anteriores à minha não compreendem essa mudança. Sabe que há alguns dias eu dei um strappy bra com tiras nas costas para a minha irmã de presente e, quando ela experimentou (com uma regata abertas nas costas, é claro), meu pai levou um susto e achou que não era apropriado?

A moda deixou de ser conservadora, é verdade, mas é bom ter bom senso e saber usar nos lugares adequados. Há lugares mais light, onde as pessoas se vestem de uma forma mais despojadas, assim como diferentes partes do Brasil. Mas é bom se perguntar se o local, o horário do dia permitem uma produção mais ousada. Não custa, né?

A Belles, que é uma das marcas de lingerie de luxo do Brasil que eu mais admiro, após lançar sua última coleção (bafônica!), fez um ensaio muito interessante com uma blogueira, a Maria Clara, e eu achei incrível.

A ideia foi mostrar como é possível mostrar a lingerie no dia a dia sem ser vulgar.

Lingerie à mostra: aprenda a usar

Já pensou que um kimono de renda com franjas poderia ficar perfeito com uma calça jeans? Estou tão in love com essa ideia, que será a minha próxima aquisição.

lingerie a mostra

Você pode não acreditar, mas esse colar que ela está usando está embutido no sutiã. O efeito é sensacional, bem delicado. Dá uma olhadinha no modelo.

sutiã de tiras

As tiras nas costas pode ser usadas de várias formas. Com transparência é um verdadeiro luxo!

strappy bra

O que dizer desses bodies e espartilhos? branco ou off white, como é o caso, é muito luxuoso e, dependendo, pode ser usado com um casaco, uma blusa por cima e ficar lindo.

body de renda

sutiã strappy

Para as mais ousadas, mostrar o sutiã de tiras pode ser um sucesso.

costas nuas

lingerie de luxo

Esse macaquinho de cetim floral, que talvez você só conseguisse pensar em usar em casa, à noite, para relaxar, ficou perfeito com a blusa por cima e o chapéu. Muito original.

boho

Talvez você não acredite, mas essa peça (foto cima) é uma camisola. Ficou muito bonita com essa calça. Um estilo bem boho, que me agrada muito.

espartilho

sutiã de renda

Esse sutiã com renda até em cima é um modelo que tem feito muito sucesso. Com uma camisa, como essa, fica um show. Ou com transparência, como na foto abaixo.

camisa transparente

vestido

E uma camisola-vestido? Quem diz que é camisola?

WzL_99OJd2v5JyuKYSHXd8wlDpyW9AVKAcxXh6Nx0Oc

Transparência + strappy bra = ❤ ❤ ❤

sutiã strappy

Um decote nas costas agora pode ser usado sem medo. Pra isso use o sutiã strappy.

Um show de ideias para a gente acertar na escolha e usar da melhor maneira a lingerie a mostra, não é?



Desabafo: Lingeries muito pequenas!

desabafo: lingeries muito pequenas

Hoje é um dia de desabafo. Não só meu, mas de algumas leitoras do blog.

Já faz um tempo que uma coisa incomoda muito as brasileiras e eu vi isso muito clero quando li o post De Chelles na Specialità Lingerie, que a Lu Vilela do Blog Mulher Sem Photoshop escreveu esses dias. Eu acompanho o blog dela e acabei lendo os comentários que as leitoras escreveram.

Pedi autorização a elas e queria dividir com vocês.

Hoje temos no Brasil algumas marcas de lingerie que se destacam muito pela beleza a sofisticação.

O problema é que a maioria das marcas produz peças pequenas, que não expressam o real tamanho das brasileiras. Você já viu o tamanho de um sutiã tamanho P ou 40 (de qualquer marca, praticamente)? É verdadeiramente uma lingerie para adolescentes!

A Malu, uma leitora top comentadora aqui do blog começou um diálogo e a Ana Cristina deu prosseguimento. Quando vi, pensei: preciso falar sobre isso!

Malu: “Tudo é deslumbrante….de deixar o queixo caído! Pena que a numeração não seja para minha pessoa” (…)

Ana Cristina: “Então, Malú, isso eu acho uma tremenda duma falha. De todas as marcas. Não vamos entrar no assunto de lingerie plus size, vamos falar da onda de siliconadas. Muitas magras estão com seios tamanho 48. Enquanto isso, esse tipo de marca continua fabricando até um 46 muito mais para 44. Não entendo, não entendo, não entendo. Você entra no site das lojas e as pontas de estoque são SEMPRE de tamanhos pequenos. O que significa que os tamanhos maiores acabam sempre primeiro. O que seria isso? Falta de querer ganhar dinheiro?

Malu: “Oi Aninha….fica brava não!!!! Concordo contigo em relação às siliconadas e também pelo fato de não investirem no mercado em geral: que para mim é um tamanho beeeeemmmmm maior! Te conto assim: A Demillus, Duloren e Marcyn, meu número de sutiã é 46, marcas clássicas e fáceis de comprar. Já se eu compro um sutiã na Renner……meu número é 48 (fico com cara de “tacho”, cara de brava e me pergunto: Como assim????). O problema é que não pensam que algumas pessoas tem além de umas gordurinhas a mais, uma costa larga ou coisa do gênero. Eu tava babando em uma série de peças da Specialitá, enviei um email com minhas medidas, mas as peças que eles disseram que ficaria perfeita pra mim….não é o que eu gostei! São peças bonitas sim, mas não as que eu queria. Essas então da De Chelles…..jamais! Mesmo eu não sendo “tão gordinha assim, cheinha e não tenho vergonha de dizer, mas acho que podiam investir nessas belezuras, um tamanho maior e não plus zise, pois eu não sou plus zise, sou cheinha, rsrs. Então fica aqui meu desabafo, hahaha e que eu possa ter confortado teu lindo coração…“.

Ju Verly: “Ana e Malu, compartilho da mesma opinião que vocês! Sempre recebo emails de leitoras no blog Tudo de Lingerie desabafando em relação aos tamanhos pequenos que as marcas de lingerie desenvolvem. Concordo com vocês plenamente! Inacreditável o mercado não perceber que a mulher brasileira tem seios maiores e quer estar sempre linda! Não tiro a razão da indignação e sempre defendo uma lingerie mais democrática, mais “real” para a mulher brasileira! Quem sabe com tantos apelos isso são começa a mudar?

Malu: “Ah que chique a lindinha Ju no blog da Lu!!! Olha que até rimou, rsrs. Isso mesmo, democracia total, não só na política, mas na vida a vida da gente como a gente! Quero vestir De Chelles e me sentir confortável, mas cadê o corpo que entra nelas? Me perdoe aquelas que podem comprar e parabéns para os corpos esbeltos, mas sou cheinha e quero me sentir sempre linda!!!! Não importa o tamanho, importa é ser MULHER!!!!!! Obrigada Ju por vir aqui e ser solidária conosco, beijo enorme pra ti!

Pelo que conheço do processo de criação da lingerie, sei que lingeries em tamanhos maiores são mais dispendiosos e difíceis de se elaborar, pois quanto maior o tamanho de um bojo, por exemplo, mais técnica e excelência ele exige de um modelista. Porém, se é uma necessidade real da mulher brasileira, que usa tamanhos maiores de sutiãs (46, 48 e assim vai), por que não adequar a produção?

Como a Ana falou, não se trata do fato de que a brasileira está acima do peso. Não somos modelos secas que vestem 40. Isso é a exceção. A mulher brasileira coloca silicone mesmo, tem um corpo com mais curvas e isso não significa necessariamente “gordura”, tamanhos plus size.

cirurgia

Eu uso o tamanho 44, ainda é tranquilo encontrar essa numeração em quase todos os modelos e marcas. Mas penso que se eu aderisse à moda do silicone ou mesmo engravidasse, já teria dificuldades de encontrar sutiãs lindos e fashion para mim.

Então, fica aqui o desabafo: Marcas de lingerie, repensem as modelagens de suas peças, especialmente dos sutiãs, e abram os olhos para o real tamanho de seios das mulheres que consomem os seus produtos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...