O que a sua lingerie diz sobre você

Quer saber  o que a sua lingerie diz sobre você?

Já li vários textos de pessoas tentando associar a lingerie que a pessoa usa à personalidade dela. Cores, signos, tem de tudo.

A verdade é que tudo o que nós mostramos para as outras pessoas dizem algo a nosso respeito. As roupas, a aparência, o carro, a casa, o ambiente de trabalho, tudo mostra como a gente é, né?

A lingerie é uma coisa interessante, porque “normalmente” ninguém vê. A gente se veste para a gente mesma, especialmente no dia a dia. Então eu acho que ela diz mais sobre a nossa personalidade do que qualquer outra coisa que é mais aparente.

Pensando em tudo o que eu já vi e já escutei nesses quase três anos de blog, sempre relacionado à lingerie, penso que vestir calcinha e sutiã pode revelar um pouquinho de nós mesmas.

Lingerie básica

O que a sua lingerie diz sobre você

Se na sua gaveta de lingeries há uma dúzia de sutiãs bege, branco e preto e calcinhas da mesma cor, tudo em microfibra, provavelmente você é uma pessoa muito prática. Não necessariamente básica. A praticidade muitas vezes é uma necessidade, não uma escolha. Uma rotina pesada, cheia de tarefas ou mesmo um estilo mais formal de se vestir acaba por exigir uma lingerie mais simples e fácil de combinar com tudo no dia a dia.

Mulheres assim não abrem mão de agilizar a hora de vestir e prezam muitas vezes por ter poucas peças de lingerie, mas da melhor marca, não importando o preço que custem.

Lingerie velha

Mulheres bem vestidas, que usam lingerie velha, furada ou relaxada, são um pouco intrigantes. Já vi alguns casos assim e penso em duas possibilidades: Ou a mulher é desleixada, mal vestida mesmo, não se importa com a aparência, especialmente com aquilo que não é visto, ou a mulher é até bem vestida, valoriza roupas e acessórios, pois as pessoas vêem, porém, não dão importância à lingerie. O que perceptível aos olhos tem valor para elas. O que não é, não tem valor, pode ser de qualquer jeito.

Conjunto de lingerie

conjunto de lingerie

Quem sempre combina a calcinha com o sutiã me parece perfeccionista, metódica. Não que isso seja algo ruim, apenas é uma característica da pessoa. Eu não ligo muito para vestir conjuntos. Confesso que durante a semana, no dia a dia, dificilmente combino a calcinha e o sutiã. Mas no final de semana até gosto. É uma harmonia, há uma beleza nisso, que normalmente mulheres perfeccionistas e românticas adoram.

Calcinha fio dental

Calcinha fio dental

A calcinha fio dental é muito funcional. Eu descobri isso quando me apaixonei por ela. Ela não parece sob a roupa. Então eu acredito que mulheres que usam fio dental no dia a dia podem ter essa percepção, prezam um pouco pela aparência externa, já que elas somem debaixo da saia, do vestido ou da calça. Ou simplesmente a mulher quer se sentir mais poderosa, mais sensual, então escolhe esse modelo. Mulheres mais ousadas dão preferência para esse modelo sempre.

Lingerie de Renda

Lingerie de Renda

Mulheres românticas, sensuais, ousadas, delicadas. A renda revela essas características das mulheres. Lingerie e renda têm tudo a ver. Ainda que a gente não use todos os dias, mas em algum momento da semana a gente se sente “melhor” usando uma calcinha de renda, não é?

Calcinha de algodão

Calcinha de algodão

Quem escolhe sempre a calcinha de algodão revela duas coisas na minha opinião. Ela preza pelo conforto e/ou pela saúde. São pessoas que realmente não dão muita importância para o que os outros vão pensar, elas querem se sentir bem, seja pelo conforto que o algodão confere ou pelos cuidados que a região mais íntima do nosso corpo exige.

Lingerie bege ou nude

Lingerie bege

Caso complicado esse. Penso que mulheres que usam bege são práticas. A lingerie bege é uma necessidade no dia a dia. Eu que trabalho usando roupas mais formais no dia a dia, como camisas brancas e claras, não tenho a intenção de mostrar a lingerie. Então o nude é a saída e a escolha quase diária. Acho que demostra elegância, saber se vestir, adequação da roupa à circunstância.

Lingerie vermelha

Lingerie vermelha

Tem mulheres que amam o vermelho e usam uma calcinha vermelha no dia a dia como se fosse qualquer outra cor. Penso que são extrovertidas, mais alegres, mais vivas, gostam de cores. Acho isso bem legal. Quando usamos em um momento especial, para mostrar para alguém que gosta de vermelho também, já estamos mostrando o nosso lado “poderoso, sensual”.

No fundo, acho que toda mulher tem um pouquinho de cada uma dessas características. E cada vez que trocamos o estilo ou a cor da lingerie, queremos dizer alguma coisa com isso.

O que a sua lingerie diz sobre você?



Lingerie básica


Quando se fala em lingerie básica, o que você pensa? 

Calcinha sem costura, sutiãs beje, poucos detalhes (ou nenhum)?

Eu acordo todos os dias e quando vou me vestir para ir ao trabalho, confesso que gasto um tempinho escolhendo a lingerie (além de gastar tempo escolhendo a roupa eu também gasto escolhendo a lingerie!).

E para o dia a dia a gente busca praticidade, não é?

Então, por exemplo, com camisas brancas, blusinhas básicas, batas, o sutiã básico na cor nude (ou chocolate) sempre cai bem. 

Mas sutiã básico tem que ser sempre tão sem graça?

Por que não acordar cedo e vestir uma lingerie que faça a gente se sentir realmente bonita? Ainda que ninguém vá ver! 

As mulheres hoje estão ficando mais exigentes consigo mesmas. E com razão! Trabalham muito, cuidam da família, ajudam no sustento da casa. Merecem se vestir melhor.

O que eu quero dizer é que o básico pode ser sofisticado. Não necessariamente caro, mas mais elaborado, com uma renda, um laço delicado, um pingente, enfim, tudo o que foge do padrão “lingerie sem graça”.

Selecionei alguns modelos de lingerie pra ver o que você acha:

Karol Martins – Lingerríssima

Valisere – Oqvestir

Shop 126 – Oqvestir

Intima Passion – Satina

Os sutiãs podem ser mais trabalhados, como esses que eu escolhi. As cores são mais neutras, podem ser usadas com qualquer tom de roupa facilmente.

Lucitex

Thaís Ferreira

Bodies e modeladores são excelentes para vestidos, saias, blusas mais justas. Por que eles têm que ser sempre feios, naquelas cores que os homens “adoram” (beje)? 

Podemos inovar com modelos mais ousados e altamente funcionais como os da Lucitex e da Thaís Ferreira. Conheço toda a linha de shapewear das duas marcas e recomendo. 

Mas só para as mulheres que querem sair do “básico” e ousar, mesmo no dia a dia!

O que você acha de ousar um pouquinho no básico e se sentir mais bonita?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...