Liga de perna


Desde a Idade Média as mulheres conseguem fascinar os homens com o que usam por baixo da roupa. E foi exatamente nessa época que surgiu a cinta-liga e a liga de perna.

A liga de perna ficou muito famosa com a chegada da irreverente Betty Boop aos desenhos animados. 


De infantil a mocinha não tinha nada, ao contrário. Independente e muito provocadora, a “rainha dos desenhos”, como era conhecida, aparecia sempre com uma liga de perna – quase uma marca registrada.

E essa pecinha se tornou um ícone de sedução no guarda-roupa feminino.

Ela é um pouco mais simples que a cinta-liga e mais fácil de usar. Não exige meias e costuma ter um precinho melhor. Um elástico é a sua base, que se complementa com fitas, laços, rendas e pedrarias.

A peça é muito usada pelas noivas. Hoje, inclusive, a inovação é a noiva “jogar a liga” ao invés de jogar o buquê. O moço que conseguir pegá-la será o próximo a se casar (será que os moços andam mais “aflitos” para se casarem do que as moças?). Em alguns casos o próprio noivo tira a liga da perna da noiva (sua então esposa) para que ela jogue. Hummm….


Mesmo sendo uma forte pedida das noivas, a liga de perna é um acessório charmoso e sedutor, que pode seu usado em qualquer situação, e não apenas no casamento.

Por baixo de um vestido ou de uma saia, com uma camisola, apenas com a lingerie. É só escolher um modelo lindo e usar a imaginação. 

Para aquelas mais prendadas, uma boa ideia é fazer a sua própria! Você pode customizá-la, acrescentando pedras, pérolas, laços, apliques, pingentes, tudo o que quiser.


O que achou? Deu vontade?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...