Propagandas antigas de lingerie

Esse post é dedicado às mulheres que nasceram viveram as décadas de 60 a 90!

Adorei quando encontrei essas propagandas antigas de lingerie na internet.

A gente consegue ver identificar alguns elementos bem interessantes da cultura e da forma de viver daquela época.

Antes os textos e as frases de efeito eram muito importantes. Hoje parece que as imagens falam mais alto, especialmente porque as lingeries são muito mais bonitas e a exigência de um corpo lindo também. Pouco precisa ser dito!

Se você nasceu durante esse período ou antes, provavelmente vai entender o que eu estou falando!

Ah! Incluí anúncios de cuecas também pois são bem engraçados!

Esse é antigo mesmo, da década de 40. Uma foto de uma mulher usando lingerie provavelmente era um escândalo!

Valisere 1949

Textos contavam muito na propaganda!

propagandas antigas de lingerie

Valisere – 1970

Hering – 1970

Hummm… Acho que tem gente que prefere nada! Imagino que essa tenha sido uma das primeiras cuecas boxer, chamadas de “cueca bermuda”.

Pocker – 1970

Gente! O que será uma “cueca fria”? Uma cueca mais fresquinha, provavelmente, né?

Darling – 1972

Pirei quando vi esse anúncio! E eu que pensava que sutiã multifuncional é coisa moderna! Na década de 70 as mulheres já procuravam solução para os decotes. Sensacional!

Miss France – 1973

Que piada esse anúncio! Como assim “um ano de garantia”?

Zorba – 1973

Sustensor – 1975

Muito engraçada essa! Ainda hoje continua sendo difícil encontrar um “bustiê” que não fica descendo e subindo, não é?

Kristy – 1978

Lembra quando só se usavam esses modelos? Nada de bojo, apenas lycra antiga, sem tecnologia. Pessoas mais idosas ainda amam esse modelinho, tanto que a Valisere não os tirou de linha, acredita?

E olha que interessante como as modelos são eram magérrimas! Barriga negativa – o que é isso?

Del Rio – 1979

Essa é hilária!!!

Mash – 1979

Era “normal” ter seios pequenos antigamente. Não tínhamos que obedecer a certos padrões de beleza…

De Millus – 1979

Triumph – 1981

Valisere – 1990

O que mais te marcou nessas décadas? Conte pra gente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 Comentários

  1. Malú
    30 de julho de 2014

    É tão bom reviver essas propagandas, acho super legal. Dá uma reviravolta nas caixinhas de nossa memória. Eu lembro de muitas propagandas de cuecas e lingeries que tinhas nos outdoors em SP, comecei a trabalhar em 1986 e era uma poluição visual tamanha, tinha propaganta para todos os lados, eu gostava e muitas vezes sonhava em ter as peças que estavam nos outdoors. Mas veio a lei e todas as propagandas foram proíbidas, mas concordo, pois era muita poluição visual. Bons tempos, reviver é viver intensamente.
    Beijo lindinha

    Responder

    • Ju Verly
      30 de julho de 2014

      Gosto de propagandas, mas tudo em excesso não dá, né?
      Achei demais essas de lingerie, principalmente porque a gente consegue ver as mudanças sociais e comportamentais ao longo das décadas.
      Gostoso ver coisas de uma época passada!
      Beijos!

      Responder

  2. Luciana Vilela
    30 de julho de 2014

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Rindo muito, e alto aqui! Gente, os preços em Cr, ai como tô velha! E o tecido desmalhável, que seria isso? E os anúncios de cueca, gente, que horror! kkkkkkkkkkkkk
    Engraçadíssimas!

    Responder

    • Ju Verly
      31 de julho de 2014

      São hilários mesmo, né, Lu?
      Muito diferentes do que vemos hoje!
      Será que vamos rir no futuro do marketing atual?

      Responder

  3. Rita Andrea Mello
    30 de julho de 2014

    Que legal!! Até a lingerie mudou. Ainda bem… rs

    Responder

    • Ju Verly
      31 de julho de 2014

      Ah, sem dúvida!
      Ainda bem que evoluímos com o tempo, não é, Rita?!

      Responder

  4. Rodrigo Rosa
    24 de abril de 2016

    É de grande valia uma pesquisa referente as propagandas antigas de sucesso, trouxe algumas ideias para meu negocio que se inicia e uma forma de envolver o publico alvo.

    Responder

    • Ju Verly
      25 de abril de 2016

      Que bom, Rodrigo!

      Responder

Deixe um comentário!

*

%d blogueiros gostam disto: