Pra quem vai passar o dia dos namorados sozinha

Pra quem vai passar o dia dos namorados sozinha

Dia dos Namorados sozinha?

Pra quem vai passar o Dia dos Namorados sozinha esse ano, essa semana pode ser uma verdadeira tortura. Tem quem adoeça só de pensar que não tem com quem comemorar o próximo dia 12.

Em todo lugar só se fala em namoro, amor, lingerie nova, flores, chocolate. Nas redes sociais só dá imagens de casais agarradinhos, mulheres de lingerie, bom dia, boa tarde e boa noite com pessoas apaixonadas.

Se você está sozinha nesse mês, não tiro sua razão, isso pode encher o saco mesmo.

Mas essa semana não tem que ser necessariamente uma “sofrência”.

Antes de conhecer meu marido (há uns 8 anos atrás), eu passei um longo período completamente sozinha. Tinha muitos amigos, saía bastante, viajava, mas sem ninguém muito especial ao meu lado.

Na verdade, eu queria estar com alguém com quem realmente valesse a pena, que fosse durar, que me trouxesse alguma perspectiva de um futuro mais sólido. E o tempo foi passando, e o nível de exigência subindo rs.

Nem ligava. Ouvia cada coisa!

Mas esse tempo me ensinou algumas coisas que vou levar pra vida toda. Quando você passa pelo dia dos namorados sozinha, começa a pensar no que realmente quer pra sua vida e no que não quer.

E, na verdade, comecei a prestar mais atenção em mim mesma, a gostar mais da minha própria companhia, a sair mais sozinha, a gostar de estar comigo mesma. Quando estamos sozinhos só ouvimos o silêncio. E ele pode incomodar muita gente que precisa de barulho o tempo todo. O seu próprio silêncio deixa de ser ameaçador quando vai tudo bem no seu interior.

Ser uma pessoa bem resolvida, gostar da própria companhia e não depender de estar junto a outra pessoa para ser feliz é o sinal que precisamos para saber se um relacionamento vai dar certo. A gente não consegue fazer alguém feliz se somos incompletos, infelizes. Essa história de metade da laranja é um equívoco. Você não é uma metade, é uma pessoa inteira. E pessoas inteiras se complementam, não se completam.

Quando eu percebi que era completa, que era feliz sozinha, encontrei alguém muito especial e minha vida realmente se complementou.

Estar sozinha no Dia dos Namorados pode ser uma ótima oportunidade para você curtir sua própria companhia, os amigos, a família. É um tempo para reflexão, para você se apaixonar por você mesma. É aquela veja história do “cuide do jardins e as borboletas virão”.

Acredito muito nisso!

E você?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 Comentários

  1. Elen Campos
    08 de junho de 2015

    Amei seu texto, flor!
    E concordo com tudo!! 🙂
    BEijo

    Responder

    • Ju Verly
      10 de junho de 2015

      Obrigada, Elen!
      Beijos!

      Responder

  2. Yasmin Carvalho
    09 de maio de 2016

    Caramba, até que enfim um site que não é machista, se sexista e tendencioso. Estava procurando por lingeries confortáveis e bonitas para o dia dos namorados, mas os sites, infelizmente, a maioria, são bens ruins enquanto se procura realmente algo para SI mesma primeiro. Adorei o texto. Parabéns! Seguindo o site. 😉

    Responder

    • Ju Verly
      09 de maio de 2016

      Que bom que você gostou, Yasmin! Penso que a gente deve estar em primeiro lugar quando ao assunto é autoestima e amor próprio. Talvez seja a única forma de encontrarmos verdadeiramente o amor (quando queremos realmente encontrá-lo). Ser uma mulher bem resolvida é bem incomum na nossa sociedade, concordo com você!
      Beijos!

      Responder

Deixe um comentário!

*

%d blogueiros gostam disto: