Para quem você se veste?

Para quem você se veste?

Quando o assunto é lingerie, pra quem você se veste?

Algumas pesquisas revelam que a maioria das mulheres se vestem para as outras mulheres. Bem bizarro isso, mas pode ser verdade.

Muitas outras afirmam categoricamente, que se vestem para si mesmas. Duvido um pouco. Se tivesse só você no mundo (e absolutamente mais ninguém), como você se vestiria?

E há aquelas que acreditam que se vestem para os homens.

Mas em se tratando de lingerie, para quem as mulheres se vestem, afinal?

Já ouvi mulheres dizendo que não investem em lingerie porque ninguém está vendo (…). Ok, eu respeito.

Mas há uma coisa que atrai a minha atenção nas mulheres que usam lingerie bonita mesmo quando ninguém vai ver. Ninguém mesmo, nem o companheiro, nem a depiladora, nem na academia, nem a melhor amiga.

Essas mulheres são intrigantes, interessantes. O que faz uma mulher acordar cedo e usar uma lingerie bonita, nova, para ir ao trabalho?

Para essas mulheres, não tem essa de calcinha rasgada nem sutiã relaxado. As lingeries estão sempre novas. Não necessariamente caras, mas sempre elegantes, bonitas e bem cuidadas.

Penso que as mulheres assim estão acima da linha da superficialidade. São mais exigentes, mas têm uma autoestima diferenciada.

Essas sim são as mulheres que se vestem para elas mesmas! Mesmo que passem o dia inteiro sem que alguém veja o que estão usando. E não estão movidas pelo “medo” de precisarem se despir (seja em um hospital ou qualquer situação de urgência).

Elas são sensuais por natureza, mesmo usando uma burca. Não se trata da roupa, do decote, da calça colada. É o olhar, o sorriso, a certeza de quem são.

Essas são as mulheres mais admiráveis, que me inspiram. E são poucas. Algumas pérolas que têm por aí, em lugares escondidos. Talvez no seu trabalho, talvez alguma amiga.

Usar uma calcinha, um sutiã, um body rendado, tudo lindo e novo no dia a dia é um carinho que fazemos a nós mesmas. É como um presente que nos damos, que nos faz lembrar que somos lindas e sofisticadas em qualquer circunstância.

Acho que os homens caem por essas mulheres. Não porque irão ver as lingeries que essas mulheres usam, mas porque mulheres assim normalmente demonstram seu poder e autoestima em todas as situações. Seu olhar é diferente, suas atitudes revelam autoconfiança, independência, postura firme e decidida. São meigas, mas sempre fortes. Delicadas, mas poderosas.

São as mulheres que os homens mais admiram, eu acredito. Que se destacam na equipe de trabalho, no grupo de amigos. São lindas, maduras, inteligentes, descomplicadas, confiantes. Independente da cor, da idade, da classe social.

Isso tudo me faz pensar que isso não é pra todo mundo. É para algumas apenas, que não se esforçam para serem assim. Simplesmente o são.

Você é uma delas?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 Comentários

  1. Malú
    25 de março de 2015

    Ahhhhhhhhh obrigada pelo elogio!!! hahahahaha, sou apaixonada por lingeries, sempre fui, meu primeiro emprego, fiquei um ano inteirinho pagando uma caixa de lingeries que comprei, eram se não me engano…. trinta conjuntos de lingeries de várias marcas, era um sonho meu, que apesar do sufoco, consegui realizar. E por toda a minha caminhada, sempre renovando estoque de lingeries, sempre o que meu dinheiro podia comprar, às vezes, o que não podia também, rsrs. E hoje 21 anos junto do meu esposo, todas as minhas compras de lingerie, são com ele, sempre dando seu palpite, escolhendo e assim por diante. Me sinto amada, respeitada e muito feliz dessa forma. Acho que tu igualmente pelo pouco que já nos confidenciamos, não é Ju?

    Beijinhos

    Responder

    • Ju Verly
      31 de março de 2015

      Ah que linda a sua história com a lingerie, Malu…
      Só quem ama muito essas pecinhas do guarda-roupa sabe o prazer que é comprar, renovar, vestir, não é?
      Que delícia ver leitoras do blog tão apaixonadas pela moda íntima quanto eu!
      Beijos!

      Responder

  2. Adriana
    06 de maio de 2015

    Parabéns pela matéria, e lendo não havia me dado conta dessa dimensão de detalhes. Até porque sempre achei isso super normal. Você se sentir bem por dentro e por fora. Não me imagino estar bem vestida e estar usando uma langerie velha ou descombinando. Eu amo, e amo camisolas e foi procurando uma camisola longa com robe que encontrei seu site. Parabéns e aproveito para dizer que poucas empresas investem em camisolas longas com robes, mas estou falando sobre aquelas de cair o queixo, amo e não preciso estar com alguém para querer dormir com uma. E pasmo que as mais bonitas são pensadas na noite de núpcias. Gente eu quero usar no meu dia a dia. Rsrsrs… Descobri no seu texto que então devo ter uma boa auto estima rsrsrsr. Bom eu adoro me sentir bem, é natural, e sou mega contra ouvir que mulher se veste para mulher, nem para homem. Me visto para me sentir bem, feliz e porque gosto do que uso, ou simplesmente não uso, simples assim. Nunca comprei nada pensando o que fulana ou ciclano vai achar……enfim…..Agora devo dizer que uma vez ouvi de uma amiga…..-“quer descobrir quando você está casada? ” Quando for ao vestiário e notar que está com a calcinha rasgada. Muito triste e inesquecível. Acredito que neste caso você está esquecendo de se amar. E precisa precisa rever sua existência, olhar mais para você. Parabéns mais uma vez pela matéria. Beijos

    Responder

    • Ju Verly
      07 de maio de 2015

      Adriana, muito obrigada pelo carinho!
      Adorei ler um pouquinho sobre você e sobre a forma como se enxerga.
      Acredito que pessoas que dão valor ao que não se vê, sabem o valor que têm…
      Parabéns por ser assim!
      Beijos!

      Responder

Deixe um comentário!

*

%d blogueiros gostam disto: