Cirurgia refrativa a laser – Parte 1

Depois de 23 anos decidi realizar a cirurgia refrativa a laser. Acompanhe a minha saga aqui no blog!

udo começou aos 11 anos. Pré-adolescência, timidez, cheia de dúvidas, medos, normal para uma menina entrando na fase mais difícil da vida. E um diagnóstico de miopia. Até gostei da ideia de usar óculos, achava charmoso. Só que não : (

Os óculos naquela época (bom, já são 26 anos) eram bem feinhos, sem graça. E começou a incomodar. O que eu fazia? Não usava. O grau, que era baixinho, começou a aumentar. E, aos 15 anos, depois de muito odiar os óculos, conseguir convencer meus pais de usar a lente de contato. Uma liberdade, sem dúvida, especialmente porque o grau chegou a 4,75 em cada olho.

Sempre ouvi pessoas falando da cirurgia corretiva da miopia, mas sempre tive muito medo, afinal, tudo o que diz respeito à nossa visão causa pavor. Perder a visão é um dos nossos maiores medos.

Após 23 anos usando lentes de contato, desconforto no ar condicionado, dificuldade na piscina e no mar, gastos trimestrais com lentes e produtos de limpeza, comecei a observar uma certa intolerância às lentes há alguns meses. Olhos vermelhos ao extremo, incômodo.

Voltei a usar óculos mais horas ao dia. E isso foi suficiente para me fazer repensar a possibilidade da cirurgia. Comecei uma saga de pesquisas e leitura sobre o assunto.

E aqui estou eu hoje, dia 16 de março, em uma clínica (super conceituada no Brasil), a duas horas de realizar a minha cirurgia. Pensei em dividir essa experiência com você que busca a opinião de pessoas que fizeram a cirurgia.

Prometo que volto aqui nos próximos dias para falar da minha experiência e dar detalhes sobre o assunto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário!

*

%d blogueiros gostam disto: