Quero que você me aqueça neste inverno! Pijamas fofos

Quem não ama pijamas fofos no inverno?

“Quero que você me aqueça neste inverno!” E ele está aí. Eu costumo falar que o inverno é uma questão de amor ou ódio.

Ou a gente ama o frio ou detesta. Para algumas pessoas é um incômodo. Elas não comem direito, não se animam a sair de casa, só querem ficar debaixo das cobertas. Para outras, como eu, é o contrário. ânimo total para sair, para usar malhas, meia-calça, lenços lindos, casacos.

Eu me alimento muito melhor nessa estação (até bem demais!). Fico bem mais animada para sair, durmo infinitamente melhor no frio.

E uma das coisas mais gostosas do inverno é curtir exatamente esse “indoor”. Ficar em casa com um pijama quentinho, assistindo a uma TV no sofá ou mesmo trabalhando na cama com o laptop. Que delícia!

E nada disso faz sentido se não tiver o pijama. De bolinha, de ursinho, floral, liso, animal print, todos são bem vindos!

Selecionei alguns modelos de pijamas da Specialità que estão com um preço ótimo:

Quero que você me aqueça neste inverno!

 

 

pijama-manga-longa-algodao-estampa-coracao-sanvil-pink-frente

pijama-manga-longa-algodao-estampa-ovelha-sanvil-perola-frente

pijama-manga-longa-estampa-ursinho-sanvil-perola-frente

pijama-manga-longa-floral-arabescos-uni-frente

pijama-manga-longa-floral-flanelado-laibel-lilas-frente

pijama-manga-longa-floral-laibel-lilas-frente

pijama-manga-longa-floral-sanvil-branco-frente

pijama-manga-longa-pink-e-onca-laibel-pink-frente

pijama-manga-longa-rose-achocolatado-uni-frente

E você? Qual vai escolher para começar super bem a estação mais gostosa do ano?



Feliz Dia do Amor!

Feliz Dia do Amor!

Um Dia do Amor para refletir.

E finalmente chegou o delicioso Dia dos Namorados!

Eu podia escrever um milhão de coisas hoje, sobre como conquistar o amor da sua vida, que lingerie usar hoje, dicas para as casadinhas que comemorar em casa, looks perfeitos para essa noite, dicas de decoração… Até mesmo algumas ideias para as solteiras, que vão passar sozinha.

Acho que já escrevi sobre isso tudo! E amo falar sobre esses assuntos.

Mas hoje eu quero só desejar a você um Feliz Dia dos Namorados, um feliz dia do amor, seja com ou sem um namorado, seja com seu marido, sua esposa, seu melhor amigo, seus filhos.

Nos EUA o dia dos namorados é comemorado em fevereiro e, o mais interessante nessa data, é que a comemoração é do amor, do afeto, do carinho entre pessoas que se conhecem, que possuem algum tipo de laço.

Isso é o mais gostoso de tudo!

Ligar para um amigo que você não vê há muito tempo, convidar amigos para jantar, um momento em família. Ah! Isso inclui deixar o whats de lado um pouquinho, o face, o tablet, a TV.

Nunca estivemos tão conectados às pessoas como nos tempos atuais. Nunca fomos tão impacientes, imediatistas. Mas também nunca fomos tão carentes do toque, do olhar…

Que o dia de hoje possa nos fazer parar e refletir, abraçar e amar mais.

Feliz Dia 12 de Junho!



Pra quem vai passar o dia dos namorados sozinha

Pra quem vai passar o dia dos namorados sozinha

Dia dos Namorados sozinha?

Pra quem vai passar o Dia dos Namorados sozinha esse ano, essa semana pode ser uma verdadeira tortura. Tem quem adoeça só de pensar que não tem com quem comemorar o próximo dia 12.

Em todo lugar só se fala em namoro, amor, lingerie nova, flores, chocolate. Nas redes sociais só dá imagens de casais agarradinhos, mulheres de lingerie, bom dia, boa tarde e boa noite com pessoas apaixonadas.

Se você está sozinha nesse mês, não tiro sua razão, isso pode encher o saco mesmo.

Mas essa semana não tem que ser necessariamente uma “sofrência”.

Antes de conhecer meu marido (há uns 8 anos atrás), eu passei um longo período completamente sozinha. Tinha muitos amigos, saía bastante, viajava, mas sem ninguém muito especial ao meu lado.

Na verdade, eu queria estar com alguém com quem realmente valesse a pena, que fosse durar, que me trouxesse alguma perspectiva de um futuro mais sólido. E o tempo foi passando, e o nível de exigência subindo rs.

Nem ligava. Ouvia cada coisa!

Mas esse tempo me ensinou algumas coisas que vou levar pra vida toda. Quando você passa pelo dia dos namorados sozinha, começa a pensar no que realmente quer pra sua vida e no que não quer.

E, na verdade, comecei a prestar mais atenção em mim mesma, a gostar mais da minha própria companhia, a sair mais sozinha, a gostar de estar comigo mesma. Quando estamos sozinhos só ouvimos o silêncio. E ele pode incomodar muita gente que precisa de barulho o tempo todo. O seu próprio silêncio deixa de ser ameaçador quando vai tudo bem no seu interior.

Ser uma pessoa bem resolvida, gostar da própria companhia e não depender de estar junto a outra pessoa para ser feliz é o sinal que precisamos para saber se um relacionamento vai dar certo. A gente não consegue fazer alguém feliz se somos incompletos, infelizes. Essa história de metade da laranja é um equívoco. Você não é uma metade, é uma pessoa inteira. E pessoas inteiras se complementam, não se completam.

Quando eu percebi que era completa, que era feliz sozinha, encontrei alguém muito especial e minha vida realmente se complementou.

Estar sozinha no Dia dos Namorados pode ser uma ótima oportunidade para você curtir sua própria companhia, os amigos, a família. É um tempo para reflexão, para você se apaixonar por você mesma. É aquela veja história do “cuide do jardins e as borboletas virão”.

Acredito muito nisso!

E você?



Propaganda inteligente de lingerie

Propaganda de lingerie pode ser bem interessante!

Quem resiste a um bom vídeo? Acho que aquele velho ditado que conhecemos pode ser substituído pelo “Um vídeo vale mais que mil palavras“, não é?

A Triumph, uma das mais conceituadas marcas de lingerie do mundo acabou de lançar um vídeo sensacional. Foi uma brincadeira com as palavras e desenhos da Disney.

No vídeo, intitulado “Find the one“, as princesas estão em busca do sutiã perfeito, e não do príncipe.

Afinal, que mulher não vive sempre atrás de um sutiã ideal, que sirva perfeitamente, tenha ótima qualidade, não machuque, não incomode e dure muito tempo? Uma analogia com o amor seria uma mera semelhança! rs

No final, a modelo Hannah Ferguson encontra os sutiã dos sonhos e fica com aquela cara que todas nós conhecemos…

Propaganda inteligente de lingerie

A ideia veio da agência Stories AG, da Suíça, e está fazendo o maior sucesso.

Associar a busca de um sutiã à procura por um príncipe encantado foi genial! Acho que precisamos cada vez mais de ideias interessantes e inteligentes como essa!

Encontrar um sutiã assim parece um parto para a grande parte das mulheres. Quando encontramos, queremos comprar uma dúzia, um de cada cor. Você é assim também? Pelo menos eu sou, quero usar bons sutiãs todos os dias, especialmente aqueles que nos fazem esquecer que eles existem…

Às vezes encontramos uns sapos por  aí que, depois de um tempinho, milagrosamente, parecem se tornar um príncipe. Nós nos adaptamos a eles e somos felizes para sempre, até que um item dele se solta, se descostura, e aí o romance acaba.

Mas muitas vezes, o que temos mesmo é um príncipe que se torna sapo rapidinho!

Até que a morte nos separe é tempo demais para um sutiã, é claro, mas não desistimos de buscar apaixonadamente por eles! E, quando encontramos, torcemos para que seja eterno enquanto dure!



Marca apaga mamilos das modelos!

Já vou avisando: o assunto é polêmico!

Quando o assunto é publicidade, marketing no mundo fashion, muitas vezes as polêmicas são inevitáveis, não é?

O assunto da vez são as fotos que a American Apparel, marca de roupas e moda íntima americana, acabou de lançar. Muito criticada por fotos quase pornográficas, a marca resolveu mudar a sua cara e a sua estratégia de marketing, tentando se distanciar da imagem de pornografia a que sempre esteve associada.

Algumas modelos foram fotografadas com lingerie bem transparente. Porém, na edição das imagens, decidiu-se pela “remoção” dos mamilos e pelos pubianos. Isso também porque as modelos são inquestionavelmente muito novas, o que sempre incomodou muita gente.

Marca apaga mamilos das modelos!

26D06B6700000578-3003131-image-a-10_1426800487965

rsanl303_white

rsanl307_02

A marca tem conseguido se distanciar da imagem negativa que tinha abraçando as causas do ativismo político, especialmente, no que diz respeito aos direitos gays e à reforma da imigração.

Como empresa, temos recursos que ativistas individuais não têm. Nós tentamos usar nossa abilidade especial para patrocinar causas políticas que precisam de ajuda. American Apparel normalmente utiliza propagandas, contatos na imprensa e até mesmo camisetas com dizeres que falam sobre esses assuntos importantes. Nossos dois maiores assuntos tem sido a Reforma da Imigração e os Direitos gays” (minha tradução), diz o website da marca.

politicalActivismKicker2            politicalActivismKicker5

Apagar os mamilos das modelos é uma outra forma, no ponto de vista da American, não somente de proteger a imagem de jovens modelos, mas de retirar a “sexualização” das fotos de modelos, levando-se em consideração a luta por direitos iguais.

As críticas a tudo isso têm sido vorazes (…)

Michelle Lytle, por exemplo, co-fundadora da marca de biquíni TaTa Top (aquela com o desenhos dos mamilos) defende que censurar as mulheres e fazê-las parecer manequins ou bonecas, é enfraquecer as mulheres, que não devem se sentir envergonhadas com seu corpo.

ttt_slider1

Lytle critica os esforços empregados pela marca no sentido de defender causas como os direitos gays e a imigração em Los Angeles, e pouco se importar com os direitos de igualdade das mulheres.

Bom, de, fato, a modelo se parece um pouco com uma boneca. Afinal, toda mulher tem mamilos, não é?

Fico dividida entre acreditar que, de fato, retocar as imagens é uma forma de torná-las menos pornográficas a determinado público e pensar que mulher é mulher e não há o que se esconder…

Realmente, quando olhamos as imagens, vemos que são mais ingênuas, puras, dificilmente vamos conseguir associá-las a qualquer tipo de pornografia ou qualquer outra coisa do gênero. Isso pode funcionar para o objetivo da marca.

Mas, ao mesmo tempo, penso que não se trata de uma revista pornográfica. Trata-se da venda de um produto, que deve ser mostrado como é. Sem visualizar os mamilos e pelos, não é possível observar quão transparente é o tecido das peças. Isso pode dificultar a venda online, por exemplo.

Então confesso que ainda não me decidi!

Mas acho toda essa discussão super interessante, faz com que a gente pense um pouquinho, né?

E você, o que tem a dizer?

Fonte: dailymail.co.uk



Em tempos de Cinquenta Tons de Cinza…

Em tempos de Cinquenta Tons de Cinza...

Estamos vendo a obsessão das pessoas pelo filme “Cinquenta tons de cinza“. Eu até poderia escrever um pouco sobre ele, mas uma palavra resume o que sinto a respeito: Preguiça. Sinto um enorme desânimo na alma só de pensar em ter que escrever sobre um assunto que não me interessa.

A obra de Erika Leonard James, na verdade, guarda alguma similaridade com os romances picantes Sabrina, Júlia, Bianca, que eram tão estereotipados em décadas passadas. Eu me lembro de passar em frente a uma banca de revistas, quando pequena, e ver a capa desses romances eróticos com uma folha em branco por cima, devido ao “nível de pornografia”. Você se lembra disso? Quem lia, escondia, tinha vergonha que os outros descobrissem.

Se você não assiste o filme hoje, chega a ser até menosprezada. Engraçado como as mesmas coisas ganham roupagens diferentes, né?

Então, falar de sadomasoquismo e escravidão sexual ou de fazer coisas que se odeia para agradar alguém, no sentido sexual, está fora do meu mundo. E podem me chamar de careta, antiguinha, fora de moda. Aposto que, comigo, está a maioria das mulheres, que não têm coragem de assumir. Afinal, ir contra esse sistema que há por aí é para as corajosas apenas.

Mas… Não ter afeição pelo sadomasoquismo não significa frieza ou indiferença. Um chicote pode não agradar você. A violência pode não atrair os seus sentidos. Natural. Mas há tantas coisas legais e lindas que podemos fazer para sermos vistas e desejadas!

A lingerie é uma delas. E não se trata de machismo. De vez em quando ouço homens reclamando que chegam em casa e suas esposas estão vestidas de uma forma tão desinteressante, que preferem ir dormir. Eu sei que você trabalha, cuida dos filhos, cuida da casa, faz compras no supermercado, e está quase sempre cansada, só querendo assentar na frente da TV e curtir uma TV. Você não é a única.

Mas o relacionamento a dois requer cuidados especiais, que não precisam ser necessariamente um peso. Quando a mulher descobre que o poder que tem nas mãos, pode tornar tudo mais interessante e agradável. Uma calcinha mais provocante, um espartilho de vez em quando, uma lingerie mais picante…

Ouço amigas dizendo que não usam, por exemplo, uma calcinha fio dental por nada nesse mundo. A gente sabe que essa lingerie pode incomodar um pouco, mas quebrar os paradigmas de vez em quando e agradar o companheiro pode ser surpreendente, até mesmo para nós mesmas.

Coisas pequenas e simples, que não nos ferem, não nos subjugam, podem fazer parte do nosso dia a dia, da nossa relação.

Um creme de massagem, uma lingerie mais erótica, sair da rotina com coisas diferentes podem ajudar casais que se sentem desmotivados. E as mulheres mais inteligentes, que saem de suas zonas de conforto para tentar o novo, o diferente, o que pode conquistar, costumam ter surpresas agradáveis.

Fica a dica para você pensar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...