Ensaio sensual: Conheça a Nude

O Ensaio Sensual pode ser uma ótima ideia para quem procura surpreender.

ensaio sensual

O Ensaio Sensual são as fotos que a mulher faz para presentear alguém (ou a si mesma). Vemos muito ensaios assim com as atrizes, modelos, especialmente para campanhas de lingerie. Mas já pensou em você mesma fazer uma ensaio desses e dar de presente para o marido?

Muitas mulheres comuns têm descoberto o book sensual e se apaixonado pela ideia, independente do corpo que têm. É uma forma da mulher se valorizar e se sentir bonita, sensual, atraente.

ensaio sensual

Descobri recentemente a Agência Nude, que realiza esse trabalho de forma muito interessante. As fotógrafas responsáveis pela realização dos ensaios são a Darcy Toledo e a Jane Walter.

No dia do ensaio, a cliente tem uma assessoria completa de cabelo, maquiagem, lingeries. Ela também pode levar algum item dela mesma para usar ou algo diferente como uma camisa do marido ou algum outro objeto que faça sentido.

ensaio sensual

A equipe é formada somente por mulheres exatamente para evitar qualquer tipo de constrangimento e deixar a cliente bem à vontade.

Na última etapa, as fotos são impressas, tudo de forma sigilosa e segura e entregues à cliente em forma de revista ou algum outro formato.

ensaio sensual

O segredo desse ensaio é a naturalidade, é o “se respeitar” e gostar do próprio corpo. Acredito que muitas mulheres se surpreendem ao ver as fotos, ao observarem o quanto são lindas e atraentes 9e nem sabiam). “Depois de longos quatro meses minha ansiedade chegou ao fim… enfim consegui dar o tão esperado presente de aniversário para meu marido. Valeu apena esperar porque a reação dele foi a mais impressionante que já vi, depois de 17 anos de casada, foi um momento impar“, conta Andressa, uma cliente da Nude.

Lendo os depoimentos das clientes no site da Nude, fiquei tão impressionada com o resultado do trabalho, que, na minha opinião, vai muito além de uma revista, um álbum, um conjuntos de fotos. É algo que mexe com a autoestima, com a autoimagem. veja o que disse a cliente Juliana:

E ela finalmente chegou ficamos nos ‘encarando’ por alguns minutos até que eu lentamente adentrei seu mundo. Removi suas fitas adesivas, abri a caixa amarela e o envelope pardo, cuidadosamente retirei o envelope de tecido e… Pronto, estava feito… Não havia mais como regressar dessa intensa viagem ao meu interior. Página após página ia me deparando com uma mulher que agora conheço bem: ela costuma me olhar no espelho todos os dias pela manhã. E é dela que me recordo todas as vezes em que me olho e penso que não sou boa o suficiente: que eu poderia ser mais magra, que meu cabelo poderia ser mais brilhante, que minhas unhas poderiam não ser tão roídas, que minha pele poderia ser mais sedosa, que eu deveria usar mais maquiagem, que meu riso deveria ser menos escancarado, que eu poderia ser menos cômica e mais sexy… e tantas outras exigências que insisto em fazer, só pelo sadismo, pelo sofrimento que elas trazem. Porque antes me comparava com mulheres imaginárias, que pareciam tão distantes do real. Agora, diante dessas cobranças, eu tenho um argumento poderoso: eu me mostro a mim mesma, pelas lentes de quem conseguiu ver o que eu não via e digo, empunhando a foto lado-a-lado com meu rosto, – viu, é você… sou eu… somos nós. Uma só“.

Não é surpreendente?

E assim são inúmeros outros depoimentos e resultados incríveis que um trabalho como esse pode gerar.

A Agência se localiza em São Paulo, mas o mais legal é que eles conseguem realizar o trabalho em outros estados também. Veja a agenda das fotógrafas para o ano de 2016:
São Paulo:
atendemos todos os dias
Salvador (BA): 15 e 16/jul
Recife (PE): 18 e 19/jul
Brasília (DF): 29 e 30/jul
Rio de Janeiro (RJ): 1 a 3/out
Belo Horizonte (MG): 4 e 5/out
Porto Alegre (RS): 7 a 9/out
Curitiba (PR): 
10 e 11/out

Acho que é uma boa oportunidade para quem sempre teve vontade de fazer um ensaio assim e ainda não encontrou a oportunidade.

O que você acha?

*Todas as fotos deste post, de autoria das fotógrafas Darcy Toledo e Jane Walter, tiveram a postagem autorizada pela Agência Nude.

 



Recebidos da Gabriely Lingerie

A nova coleção da Gabriely Lingerie está belíssima!

gabriely lingerie

Recebi alguns produtinhos lindos da marca Gabriely Lingerie e não poderia deixar de postar aqui. A nova coleção está muito linda, com modelos e cores harmônicos, delicados.

gabriely lingerie

Tomara que caia rendado branco com pingentinho de pedra maravilhoso.

gabriely lingerie

Conjunto em renda nas cores pink e nude. O meu favorito, sem dúvida. A combinação de cores foi perfeita.

gabriely lingerie

E esse strappy bra azul? Fiquei apaixonada por essa tonalidade. Strappy colorido vai ser uma aposta para o próximo verão.

gabriely lingerie

O pink sempre está presente. Babados plissados e muito charme.

Selecionei os modelos mais top dessa nova coleção:

gabriely lingerie

gabriely lingerie

gabriely lingerie

Apaixonantes todos, não?



Sutiã sobre a blusa: Tendência fashion?

Conheça o que chamam de nova tendência fashion: Sutiã sobre a blusa.

Sutiã já algo polêmico. Experimente escrever sobre esse assunto e você vai entender. Qualquer opinião sua a respeito do uso do sutiã, se deve ser usado ou não, se é apropriado ou não, se é desleixe não usá-lo ou não gera polêmicas e até mesmo comentários agressivos sem fim…

Acredite, o brasileiro ainda é muito imaturo em relação às opiniões alheias. Mas, fechando o “parênteses desabafo”, como eu ia dizendo, se o simples uso do sutiã pode gerar muita confusão, imagine usá-lo à mostra, por cima da blusa ou camiseta.

Eu me lembro do dia em que a Sabrina Sato postou uma foto no seu Instagram com um look desses. Ela foi muito criticada (inclusive por mim). Não era bem um sutiã, era algo similar, vazado. Não gostei muito da combinação.

sabrina sato sutiã

Uma onda fashion atual afirma, entretanto, que essa é a última moda e que você vai arrasar escolhendo um modelo e combinando por cima de alguma outra peça do seu guarda-roupa.

Selecionei alguns modelos para você se inspirar, caso se anime:

sutiã sobre a blusa

Saindo direto das passarelas, os modelos podem ser super coloridos por cima de blusas mais neutras, de manga curta ou longa. Ou podem ser discretos também, como o da foto da direita, mais delicado e romântico.

sutiã sobre camiseta

A tendência tem ganhado as ruas. Um favorito é o preto sobre blusas brancas. Calcas jeans ou pretas complementam esse look.

sutiã sobre a blusa

Penso que a moda é bastante democrática hoje. Se você tem estilo para usar uma produção assim, vai fundo! O que não dá é pra ter preconceito, ser perfeitinha demais em tudo. Afinal, pode não combinar com você (assim como não combina comigo), mas pode ficar perfeito em outra pessoa.

E então, qual é a sua opinião? Usaria ou não usaria o sutiã sobre a blusa?



Modelo de lingerie mais madura faz sucesso

Modelo de lingerie tem que ser sempre novinha e magrinha?

Uma campanha nos EUA provou que modelo de lingerie não precisa ser magrinha a novinha.

Aliás, já começo abrindo um parênteses. Já observou como o foco de muitas marcas, em diversos momentos tem sido a terceira idade? Pense que o mundo está alargando as fronteiras do marketing e percebendo que esse público está cada vez mais conectado. O mundo fica cada vez mais maduro, as pessoas estão vivendo cada vez mais. E a maturidade é uma faixa etária estável financeiramente que consome bastante, o que é bem “atrativo” para muitas marcas.

Nicola Griffin, 56 anos, um modelo britânica que chamou muito a atenção da mídia, foi a responsável por um ensaio bárbaro para a revista SLiNK, uma revista plus size de alcance mundial.

Nicola Griffin

modelo de lingerie

modelo idosa

Na verdade a modelo não chama a atenção por ser plus, mas por ser mais madura. Parece que os detalhes do corpo, pele e cabelos não foram tratados em programas de edição de imagem, o que tornou o ensaio muito natural.

modelo terceira idade

modelo de lingerie

O objetivo da campanha foi celebrar a mulher de diferentes idades e corpos.

32DE43F800000578-3524617-Nicola_says_that_the_key_is_not_listening_to_what_people_tell_yo-a-8_1459923178389

32DE43FD00000578-3524617-Nicola_Griffin_stars_in_this_months_SLiNK_magazine_the_only_prin-a-2_1459923174732

Para a revista, Nicole disse: “Meninas jovens abrem as revistas e são tão influenciadas em relação à imagem do corpo. E eu penso que é ótimo que elas vejam diferentes corpos de mulheres porque senão elas podem se sentir mal com o próprio corpo caso não se identifiquem com as imagens“.

O culto ao corpo continua muito forte em todo o mundo, especialmente no Brasil. Valorizo muito campanhas como essa, independente de onde venha. Não somos sempre magras, nem jovens. O tempo chega para todas, sem exceção.

É bom que o mundo reconheça isso e comece a tratar de forma diferenciada a mulher mais madura, porque é o tipo que vai dominar diferentes mercados de forma cada vez mais consistente.

Você concorda?



Yasmin Brunet usa look strappy e arrasa

Yasmin Brunet reproduz uma moda comum em Nova York e chama a atenção.

A linda Yasmin Brunet foi fotografada essa semana em um look bárbaro: uma “camisola” strappy, só com uma jaquetinha jeans. Com uma pequena transparência de renda logo abaixo do busto, o modelo de franjas na barra deixou todo mundo de queixo caído.

yasmin brunet

Isso porque ela aliou um modelo de lingerie (afinal, é uma camisola), a um estilo streetwear, ao usá-la com uma jaqueta mais surrada. “Tenho me inspirado na moda de rua de Nova York. As nova-iorquinas tem um estilo incrível!”.

yasmin brunet

E é exatamente esse estilo que tem ganhado as ruas brasileiras também.

estilo boho

Um modelo de camisola da marca Belles, também strappy, com tiras nos seios, todo bordado nessa região e com franjas lindas arrancou suspiros da mulherada na última coleção. Sinceramente, é uma das peças mais luxuosas que já vi.

Pode ser usada à noite, é claro, mas confesso que fiquei de cara com a cara desse look outwear que ela ganhou nesse ensaio com a blogueira Maria Clara. Uma calça de cintura alta cobriu a transparência e deixou o look muito moderninho, estilo boho.

lingerie outwear

Esse outro modelo da Beautiful também ficou perfeito com essa camisa jeans. É uma camisola de seda belíssima, que ganhou outra cara nesse look streetwear também. É a união da delicadeza da lingerie com o ar mais pesado das ruas, um estilo bem urbano.

camisola

Um modelo mais “noite”, com brilhos, ganhou uma cara perfeita também com uma jaqueta jeans por cima. Essa é a versatilidade do jeans, ele quebra o glamour, a sofisticação excessiva da roupa e traz o modelo para a rua com facilidade e muito estilo. Um modelo super assertivo, também da marca Belles, que deixa a gente aqui sonhando…

Com a chegada do outono, não poderia haver momento melhor para você começar a ousar, tirar peças como essas do seu guarda-roupa e começar a usar baseando-se nessas inspirações.

Vamos lá?



Empoderamento das mulheres – O papel da lingerie

O empoderamento das mulheres é o tema mais atual da nossa sociedade.

empoderamento das mulheres

Muitas conquistas nós alcançamos nas últimas décadas. O empoderamento das mulheres é um reflexo dessas conquistas, um fortalecimento não do feminismo em si, mas da mulher de uma forma geral.

Não somos mais as mesmas. Trabalhamos, sustentamos a casa, cuidamos de filhos. Muitas são as mulheres que se esforçam de maneira surreal para conseguirem se manter e suas famílias. A valorização dessa mulher então vem ganhando espaço e voz e o fortalecimento numa sociedade ainda machista e preconceituosa.

A mulher quer direitos iguais sim, quer ser valorizada e tudo mais que você está ouvindo com frequência em todos os meios de comunicação. A violência contra a mulher não tem mais espaço. As denúncias vêm transbordando nas delegacias. É realmente um posicionamento à frente que a mulher está conseguindo.

Mas e a moda? Será que isso tem repercussão na nossa forma de vestir, de se portar, de se apresentar? Qual é essa relação?

Estive pensando que tem sim. E muito. A mudança no biotipo da boneca Barbie foi uma grande avanço nesse sentido. O ícone da moda no mercado infantil ganhou novas formas e alturas. Um reconhecimento de que aquele modelo esguio e perfeitinho já não faz tanto sentido mais.

Com todo esse poder que a mulher vem percebendo ter, a sua relação com o seu corpo está mudando. Os padrões de beleza até então impostos têm perdido força. Pela primeira vez estamos vendo a valorização do natural, uma aversão ao excesso de tratamento nas imagens, uma aceitação do corpo como ele é.

E isso influencia muito a lingerie também. É cada vez mais frequente marcas que trabalham sem o uso do photoshop em seus lookbooks (como a Aire, nos EUA), marcas que lançam campanhas de valorização do corpo feminino como ele é (a Tulli no Brasil), marcas que valorizam as curvas (como a Calvin Klein, a Flúvia Lacerda na Flaminga). Enfim, a lista vem aumentando cada vez mais.

Está certo que o marketing por trás disso tudo tem um peso muito grande. Mas ninguém pode negar que é uma nova forma de lidar com o corpo da mulher e de vender produtos para ela, não é?

A lingerie entra nesse contexto respeitando cada característica do corpo feminino e a própria mulher. O “vestir-se para o outro” ainda é importante. Vestir-se para si própria, sentir-se feminina, bonita, poderosa, tem feito mais sentido, entretanto. Não que o parceiro tenha sido descartado. A lingerie sempre fez e sempre fará parte do jogo da sedução. Mas a autoestima, o amor próprio, o respeito a quem a mulher é vem ganhando uma força que a faz olhar para ela também.

Vestir uma lingerie bonita, sofisticada no dia a dia faz parte desse empoderamento. Estar bonita para si mesma. O conceito é esse.

Uma nova forma de se valorizar, uma nova maneira de lidar com o corpo, cheio de imperfeições, longe dos padrões de beleza por décadas imposto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...