Cirurgia refrativa a laser PRK – Parte 2

Um pouquinho mais de como foi a minha Cirirgia PRK.

Bom, passado o nervosismo do último post, aqui estou eu novamente para falar um pouquinho ded como foi a minha experiência com a cirurgia corretiva da miopia, afinal, nem tudo na vida é lingerie, não é mesmo?

Quem leu meu primeiro post, viu que eu saí meio nervosa do consultório e me dirigi à clínica em Belo Horizonte (vou evitar citar nomes, tá?) para realizar a cirurgia.

Ao chegar, passei primeiramente pelo Financeiro, é óbvio, afinal, menos de 5 graus a Unimed não cobre (não existe essa obrigatoriedade de acordo com a ANS, na verdade). Então lá eu deixei R$2.750, a vistinha.

Após a parte importantíssima, eu lavei o rosto, me deram um Lexotan para tomar, o que fiz meio contrariada, mas é um procedimento normal.

A minha surpresa foi que, ao conversar com o médico, ele disse que meus exames eram ótimos e que minha córnea permitia fazer a cirurgia PRK ou Lasik, a outra técnica, cuja recuperação é bem rápida. E deixou para eu decidir.

Confesso que foi o momento mais difícil, pois eu já tinha ouvido de outro médico que a PRK é mais segura, que não há “corte” algum, embora e a cicatrização seja muito chata e dolorida.

Apesar do efeito do Lexotan já ter dado as caras, me lembro de ter perguntado a ele fixando em seus olhos: “Se eu fosse a sua filha, qual das duas técnicas o Sr usaria”?

Ele sorriu e me disse: “Eu diria o mesmo a ela”. Ou seja, não ajudou em nada, mas uma pequena e discreta frase dele me fez tomar a decisão. Entre uma coisa e outra que era falada ele disse que “mercadologicamente” era muito mais interessante para ele que eu fizesse a lasik, afinal, eu sairia dali 100%, enxergando muito bem, feliz da vida. Mas que, no futuro, caso eu tivesse algum problema de batida nos olhos, o fato já ter feito essa cirurgia agravaria o caso, como ele me citou alguns exemplos.

Isso foi decisivo. Decidi encarar a PRK.

Não foi tão tranquilo quanto vi todo mundo falando, acho que tenho mais aversão a pessoas encostando nos meus olhos do que eu imaginava. Então eu recebi a anestesia, senti a leve pressão da raspagem e as luzes incomodaram bastante. Mas tudo rápido. 4 minutos em cada olho.

Saí de lá com uma lente de contato curativa e, ao passar o efeito da anestesia, eu vi o que era dor e ardência.

E assim foi até que eu conseguisse dormir. Nos dois dias seguintes eu me lembro de pouca coisa, apenas remédios e colírios. Somente no 3º dia recebi a visita de amigos muito queridos e lembro vagamente da presença deles, sob efeito de remédio. No 4º di a tentei usar um pouco o computador e hoje é o 5º dia.

A lente será retirada no 7º dia e eu volto para contar um pouco mais sobre essa experiência.

Já enxergo praticamente perfeitamente.

Um presente. Um dos maiores de toda a vida…



Cirurgia refrativa a laser – Parte 1

Depois de 23 anos decidi realizar a cirurgia refrativa a laser. Acompanhe a minha saga aqui no blog!

udo começou aos 11 anos. Pré-adolescência, timidez, cheia de dúvidas, medos, normal para uma menina entrando na fase mais difícil da vida. E um diagnóstico de miopia. Até gostei da ideia de usar óculos, achava charmoso. Só que não : (

Os óculos naquela época (bom, já são 26 anos) eram bem feinhos, sem graça. E começou a incomodar. O que eu fazia? Não usava. O grau, que era baixinho, começou a aumentar. E, aos 15 anos, depois de muito odiar os óculos, conseguir convencer meus pais de usar a lente de contato. Uma liberdade, sem dúvida, especialmente porque o grau chegou a 4,75 em cada olho.

Sempre ouvi pessoas falando da cirurgia corretiva da miopia, mas sempre tive muito medo, afinal, tudo o que diz respeito à nossa visão causa pavor. Perder a visão é um dos nossos maiores medos.

Após 23 anos usando lentes de contato, desconforto no ar condicionado, dificuldade na piscina e no mar, gastos trimestrais com lentes e produtos de limpeza, comecei a observar uma certa intolerância às lentes há alguns meses. Olhos vermelhos ao extremo, incômodo.

Voltei a usar óculos mais horas ao dia. E isso foi suficiente para me fazer repensar a possibilidade da cirurgia. Comecei uma saga de pesquisas e leitura sobre o assunto.

E aqui estou eu hoje, dia 16 de março, em uma clínica (super conceituada no Brasil), a duas horas de realizar a minha cirurgia. Pensei em dividir essa experiência com você que busca a opinião de pessoas que fizeram a cirurgia.

Prometo que volto aqui nos próximos dias para falar da minha experiência e dar detalhes sobre o assunto.



Natação: os benefícios que eu tenho notado

A natação tem me trazido benefícios valiosos. Saiba mais!

natação

Desde pequena eu sempre adorei uma piscina. Logo que entrei pra faculdade comecei a nadar. Passei por várias escolas de natação em Belo Horizonte, tive excelente professores (e outros nem tanto). Lembro ainda com saudade das aulas nas piscinas ao ar livre, tomando o sol da manhã. Gente, poucas coisas na vida são tão boas quanto isso!

Nesses 18 anos tive idas e vindas na natação. Parava um tempinho, mas logo voltava, porque sentia muita falta. Por que saía, então? A natação para a mulher é um pouco mais complexa do que para os homens. Isso porque afeta o cabelo, a pelo, as unhas. Se estiver menstruada, não dá, sem depilar pernas e virilha também não.

Mas desista de uma vez, leia até o final, você pode se animar. Por essas razões às vezes eu saía, mas logo voltava.

Estava há 2 anos parada, sem nadar nem fazer qualquer outra atividade, devido às turbulências de trabalho. Até que percebi que estava em um caminho complicado, de difícil volta. Muito stress, irritabilidade, leve depressão. Decidi mudar de direção e voltar para a natação há 2 meses.

Alguns benefícios foram notados de imediato com três aulas semanais. Senti uma necessidade enorme de mudar minha alimentação, uma verdadeira reeducação. Cortei excesso de carboidratos, guloseimas, massas, refrigerantes, sucos de caixinha, frituras. Introduzi mais frutas, iogurtes, grãos, saladas, carne branca na minha alimentação.

Poucas semanas depois percebi uma disposição maior para o trabalho, melhora no humor, nas crises de enxaqueca que diminuíram bastante. O sono também melhorou, durmo melhor, descanso mais.

Tenho levado a sério as aulas, evitado faltar ao máximo, passado por cima de todos os incômodos que a natação causa. Esse final de semana umas amigas ficaram chocadas quando souberam que eu nado. Em coro, elas perguntaram: “Mas e o cabelo?” Parece que a é a maior preocupação das mulheres, sem dúvida. Mas confesso que não tenho percebido tanto estrago assim. Eu uso duas toucas no cabelo, bastante hidratação nos fios, nada impossível de se fazer.

Entre os benefícios da natação, podemos ainda citar:

  • Melhora no coração: Fortalecimento da musculatura cardíaca, com eliminação da gordura ao redor do coração.
  • Respiração: Prevenção da asma, já que os músculos toráxicos também são fortalecidos.
  • Stress: Diminui bastante com a liberação de endorfinas e a concentração apenas nos exercícios.
  • Articulações: Por não haver impacto, as articulações não sofrem tanto.
  • Colesterol: Melhora nos níveis do colesterol bom, por ser uma atividade muito aeróbica.
  • Queima de calorias: É uma das atividades com maior gasto calórico.

E há tantos outros benefícios da natação que poderia citar!

Meu peso diminuiu um pouquinho nesses 2 meses, mas estou sendo convencida pelo meu professor de que o ganho de massa magra é a razão dos quilos a menos não aparecerem na balança, então precisamos tirar o foco dela um pouco.

A natação é um momento muito gostoso, só meu, em que eu não penso em nada, apenas me concentro na água, nos movimentos. No final, vejo que é altamente relaxante, mesmo nas aulas mais intensas.

Se você está pensando em começar, não hesite. É o esporte mais apaixonante que existe!



A vida nada glamourosa das modelos de lingerie

Quem pensa em uma modelo de lingerie nem imagina o que tem por trás daquelas belas mulheres nas feiras.

modelos de lingerie

Feira de lingerie é um evento que todo mundo quer ir. As modelos de lingerie são as grandes responsáveis por isso. Elas são bonitas, sensuais e passeiam pela feira e pelos stands só de lingerie (é claro), deixando muitos marmanjos boquiabertos.

Mas quem pensa que desfilar linda pelos 3 ou 4 dias de feira, seja no Brasil ou em qualquer outro local do mundo, está muito enganado. A jornada é mais dura do que parece.

É um troca de lingerie sem fim, para que os clientes possam ver os modelos, o sorriso sempre no rosto, mesmo se o ar condicionado estiver congelando. Nada de comidinhas gostosas, porque nenhuma delas quer “inchar” e aparentar sequer um quilinho a mais.

Aguentar os olhares masculinos mal intencionados também não é muito fácil. Imagino que ainda tenham que escutar comentários e até mesmo receber convites recusáveis.

E não dá pra ser muito tímida. Tem que aparecer mesmo, e tudo sem photoshop, sem retoque de imagens, pois é ao vivo e a cores.

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

modelos de lingerie

Fonte das imagens: Lingerie Talk



Sorteio de ensaio sensual feminino

Fotógrafas realizam sorteio de ensaio sensual feminino.

ensaio sensual

Imagem: Agência Nude

Ao completar 10 anos, a Agência Nude realizará o sorteio de um ensaio sensual feminino. Para concorrer, basta preencher o formulário em www.nude.art.br/promocao com os dados pessoais, estar ciente das regras do regulamento e aguardar o resultado em 1º de dezembro, com divulgação nas redes sociais da agência. Podem participar mulheres de todo o Brasil, a partir de 18 anos completos. 

O ensaio inclui locação, produção de beleza (maquiagem e cabelo) e figurino. As 13 fotos selecionadas pela contemplada irão compor o Calendário Nude 2017, exemplar único que poderá ser entregue como presente a alguém especial. Como a proposta das sócias Darcy Toledo e Jane Walter é valorizar a beleza da diversidade, o sorteio é voltado para mulheres comuns, sem qualquer experiência com a fotografia profissional, mas que desejam ter um dia inesquecível, resgatando a própria sensualidade.

 Sobre a Agência Nude
Criada em 2006, pelas fotógrafas Darcy Toledo e Jane Walter, a Agência Nude é especializada em ensaios sensuais para mulheres comuns, seguindo os padrões editorias e de produção das publicações mais conceituadas do mercado.
Os ensaios são realizados diariamente em São Paulo e percorrem cidades do Brasil em temporadas itinerantes. Em comemoração aos dez anos, a Agência Nude incluirá, a partir deste ano, sessões especiais em Nova Iorque (Estados Unidos) e Montreal (Canadá).

Achei super bacana! 



Senai Espaço da Moda em Nova Friburgo

Conheça um pouco mais sobre o SENAI Espaço da Moda em Nova Friburgo.

senai espaço da moda

Algumas coisas ainda me deixam felizes quando eu me lembro que sou brasileira. Na última edição da Fevest eu tive a oportunidade de conhecer o SENAI Espaço da Moda na cidade de Nova Friburgo, no Rio.

E fiquei muito impressionada com o que vi. O estilista Wagner Marquette, um amigo muito especial, foi quem me levou a esse espaço incrível. Conheci a Milena, coordenadora do SENAI Espaço da Moda, quem me apresentou toda a estrutura e falou um pouquinho do trabalho sensacional que desenvolvem.

Para quem não sabe, Nova Friburgo é praticamente o maior polo de lingerie do Brasil. São milhares de fábricas produzindo lingerie, moda praia e fitness e enviando para todo o Brasil e exterior. Tudo isso demanda profissionais qualificados, preparados para trabalhar com todo o maquinário e as exigências do mercado.

O Senai se propôs a criar esse espaço que, na verdade, é uma escola para alunos da região que tenham interesse em se profissionalizar e oferecer seu trabalho às inúmeras confecções da região. Ele foi criado em 2014, após a solicitação das empresas da região ao sistema Firjan.

1. O que é

O SENAI Espaço da Moda é um centro de referência em moda, que qualifica o profissional com excelência para o mercado e integra empresas e instituições no espaço empresarial.

2. A quem se destina

O público é bastante amplo, incluindo alunos que estão terminando o ensino médio e podem ingressar em um cursos técnico, passando pelo menor aprendiz que pode ter acesso a capacitações iniciais e até profissionais que já estão na área da moda e querem atualizar seus conhecimentos e ampliar sua área de atuação na indústria.

3. A vantagem

A vantagem é que o SENAI Espaço da Moda capacita para diferentes áreas, incluindo Gestão, Desenvolvimento de Produto e Produtividade. Assim as empresas do Pólo recebem profissionais capazes de contribuir para a competitividade do setor.

4. A estrutura

A estrutura da instituição me impressionou. Difícil encontrar um incentivo desses no Brasil. A região realmente foi privilegiada com a construção desse espaço. Vi ali maquinários de altíssimo nível, o que há de melhor em termos de tecnologia. Salas especiais de criação, de mecânica de máquinas, biblioteca, tudo é perfeito, lindo, equipado.

senai espaço da moda

Fiquei feliz por ver o apoio que as empresas que fabricam as lingeries que amamos têm. Sei que temos muito que evoluir no Brasil ainda, em termos de mercado, fabricação de moda íntima. Mas não podemos deixar de ver o que já está sendo feito e os passos que estamos dando, não é?

Se você estiver passando por Friburgo, não deixe de conhecer e de se apaixonar por esse trabalho sério, de qualidade e excelência!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...