Lingerie plus size da C&A

A C&A, pensando no Dia das Mães, acaba de lançar uma coleção de lingerie plus size.

Do tamanho 46 ao 52, as peças custarão a partir de R$ 13,90.

As cores são bem de inverno, com a estampa animal print. Os modelos estão bem moderninhos e estilosos.

Sutiãs push up, com e sem bojo; calcinhas nos modelos string, caleçon e biquíni; camisetes.

Tem para todos os gostos e, especialmente, para quem não quer gastar muito.

A qualidade eu ainda não conheço, mas são bem lindinhos e atuais.




Lingerie plus size


Quem veste tamanhos maiores passou muito tempo com dificuldades de encontrar lingerie bonita.

A maioria delas era sem graça, nas cores preto, branco e beje. Poucos detalhes, pouca renda, tudo bem simples e básico. 

Mas ainda bem que o mercado da lingerie já percebeu que essas mulheres são exigentes e lindas. E que sabem que o seu valor não está no manequim que usam.

Há marcas de lingerie que se especializaram nesses tamanhos e têm feito sucesso Brasil afora com modelos sofisticados e de excelente qualidade.

 A Pitanga Nativa é uma delas.

As lingeries são uma graça e de uma qualidade impressionante. As costuras são bem reforçadas, as alças dos sutiãs são mais largas, tudo para trazer mais conforto à mulher.

Conheço pessoalmente os modelos da marca e amei desde a primeira vez que vi.

specialità lingerie, plus size, lingerie plus size, lingerie para gordinhas

specialità lingerie, plus size, lingerie plus size, lingerie para gordinhas

specialità lingerie, plus size, lingerie plus size

specialità lingerie, plus size, lingerie plus size


As rendas e as estampas dão um toque especial aos conjuntos e camisolas. 

Um mais lindo que o outro!

Onde encontrar? Specialità Lingerie



História de superação

Imagine perder o marido para a melhor amiga, depois de 18 meses de casada. 

Em seguida, perder o pai, vítima de ataque cardíaco.

Agora imagine engordar 57 kilos em decorrência disso tudo. 

O que fazer da vida depois de tanta tragédia?

Anita Beaver tem uma boa resposta. 

A inglesa superou tudo isso criando uma marca de lingerie plus size, a Lovewand, especializada em camisolas super sexy, sofisticadas e delicadas.


A necessidade e a ideia surgiram exatamente desse momento tão difícil, em que tudo o que ela queria era conforto – em todos os sentidos.


A empresa surgiu em 2010, como o novo marido, Matt.

Incrível a capacidade que o ser humano tem de se refazer, construir sua vida novamente e tirar proveito das situações tristes!

É uma boa história para começar a semana, não é?



Atitude inspiradora

Uma garota entre 20 e 25 anos tem um futuro inteiro pela frente, cheio de sonhos, projetos e desejos. Tudo o que se quer nessa fase da vida é passear, curtir, namorar, fazer planos.
 
Não foi diferente para a canadense Ally Mayday. Porém, aos 25 anos, a modelo de lingerie plus size descobriu ter um câncer raro no ovário, o que possivelmente mudaria os rumos da sua carreira e de sua vida.
 
 
Mas não foi isso o que aconteceu. A moça decidiu continuar no mesmo caminho, aproveitando a situação para mostrar um lado da vida que ninguém mostra: o corpo e a realidade de quem passa pela doença.
 
 
Seus cabelos caíram, sua barriga ficou cheia de cicatrizes, sua saúde, debilitada. Mostrar o que estava por baixo de suas roupas se tornou um desafio e uma enorme vontade.  “No mercado da lingerie, não é algo que normalmente se faz”, disse Elly à ABC News. “O que se mostra são cabelos longos, peitos enormes e poses empinadas. Mas é importante mostrar como a mulher real se mostra debaixo de suas roupas. A maioria das pessoas passa por algum problema” (minha tradução).
 
 
A marca Forever Yours Lingerie resolveu investir nessa ideia e renovou os contratos com a modelo. O resultado foi um sucesso surpreendente, com repercussão no mundo da moda e muitos aplausos para a batalhadora Elly.
 
Escolher reagir e dar a volta por cima nessa situação deve ser muito difícil. Mas não deixa de ser uma escolha!
 
Atitude inspiradora, não acha?

Fonte: people.com



Coleção rendada Valfrance

Foi-se o tempo em que as mulheres que usam tamanhos maiores tinham que usar só lingerie sem graça.

Há várias marcas se especializando no mercado plus size, que se mostra cada vez mais exigente.

A Valfrance, que pertence ao mesmo grupo da marca Valisere, acaba de lançar a Coleção Rendada.

Inspirada na feminilidade da mulher, as peças apresentam uma mistura de rendas com o tecido Sense Light, o que permite a composição de peças leves, sofisticadas e confortáveis.


A renda vem em motivos florais, nas cores branco, preto, chocoloate e púrpura. 


Só de ver as peças na cor branca já deu pra perceber que a coleção é linda!

O sutiãs, nas numerações 46 a 54, apresentam duas opções: bojo sem enchimento e com bojo manta. Os dois têm aplicação de renda nas laterais, alças com duas larguras e barbatanas nas laterais garantindo sustentação.  


O modelo em bojo manta tem aplicação de renda no bojo também, podendo ser usado em alguma produção mais ousada. 


As calcinhas surgem nas versões biquíni e fio, nos tamanhos M, G, GG e EG.


Uma ótima sugestão para (se) presentear nesse Natal!




Sutiã tomara-que-caia plus size

Você já perdeu as esperanças de encontrar um sutiã tomara-que-caia adequado para o tamanho dos seus seios?

Tenho uma novidade pra você!

O Kewi Bra é um sutiã tomara-que-caia, que está sendo lançado e promete ser a revolução da lingerie plus size.

As mulheres com seios maiores sempre têm dificuldades com sutiãs e reclamam de dor nas costas, devido ao peso e aos sutiãs inadequados para elas (especialmente no Brasil). Sutiã sem alça? Nem pensar!

Mas pensando exatamente nessas dificuldades é que a marca criou esse modelo.


Duas taças internas são sustentadas por um dispositivo magnético, garantindo conforto e sustentação.


Um tamanho grande de sutiã não tem de significar uma vida de desconforto e dor nas costas“, afirma Muyiwa Olumide, fundador da marca. “Ao usar a força magnética para converter a pressão para baixo dos seios em um elevador, o Kewi Bra visa dar um ajuste personalizado para tamanhos D e acima“.

Isso tudo, segundo ele, garante um apoio e alívio para costas, ombros e pescoço, já que os seios ficam “suspensos” dentro do sutiã. O uso da força magnética também serve como um amortecedor artificial durante o movimento para segurar os seios dentro do sutiã.


O tecido é fino, elástico e respirável.

A princípio, parece meio bizarro, mas, se realmente funcionar, será mesmo uma revolução tecnológica e objeto de desejo de muitas mulheres!

O preço? $150, sendo que a entrega será feita somente em junho de 2014. Quem reservar agora paga $99.

Se você não gostar, pode devolver em 30 dias.

Eu achei interessantíssimo!

E você?

Fonte: dailymail.co.uk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...