Marca de lingerie mostra aos homens como é ter seios grandes

Uma marca de lingerie acaba de lançar uma campanha surpreendente!

A marca de lingerie europeia Prima Donna acaba de colocar no ar um vídeo muito interessante. Mulheres que têm seios fartos sofrem muito com o peso e as consequências disso no dia a dia. E ninguém dá muita bola pra isso, né?

O peso, entretanto, pode trazer efeitos muito desagradáveis, como dores nas costas, na lombar, no pescoço. Isso gera um cansaço e uma irritabilidade muito grande, além de um desconforto constante a essas mulheres.

Nos EUA e na Europa, mercados bem mais desenvolvidos que o Brasil, a numeração é diferente, o sutiã é em taças ou copas. Leva-se em conta que as mulheres têm diferentes tamanhos de seios, combinados com o tamanho das costas. Assim, temos uma mulher usando o tamanho 48, por exemplo, nas costas, e, nos seios, o tamanho E, F, G, que equivaleria a números maiores como 50, 52, 54. É complexo, à primeira vista, mas simples de entender.

Leia mais sobre o sutiã de taças aqui.

Então o vídeo mostra os homens da fábrica usando pesos pendurados ao pescoço, simulando o peso dos seios. É notável o incômodo e desconforto que sentem durante o dia de trabalho.

A Prima Donna é uma marca especializada em lingeries em tamanhos maiores. Os sutiãs possuem uma cobertura enorme para os seios, que garantem muito conforto. E a sustentação é excelente também.

Vejo que no Brasil estamos bem atrasados no que diz respeito a marcas de lingerie especializadas em tamanhos maiores. São poucas e nem sempre são tão boas. Não estou dizendo que há boas marcas, antes que chovam e-mails e comentários dizendo que há sim ótimas marcas, etc. Falo de um modo geral. Quem já teve a oportunidade de conhecer marcas americanas e europeias sabe do que estou falando.

Bom, dá uma olhadinha nos modelos da marca e veja se eu não tenho razão. Um mais lindo que o outro!

marca de lingerie

Não sei se a marca entrega no Brasil, mas você pode entrar em contato com eles pelo site e perguntar. Se estiver com viagem planejada, não deixe de visitar uma loja para conferir.



Lingerie Plus Size na Semana de Moda de Nova York

Quem disse que a moda plus size tem que ser feia e sem graça?

Já faz um bom tempo que essa ideia vem morrendo. Uma prova disso foi a lingerie plus size na Semana de Moda de Nova York.

Ashley Graham, uma modelo americana de 28 anos, que tem uma grife própria de lingerie plus size mostrou que esse  mercado pode ser ainda mais promissor do que de mulheres magras.

Ela abriu o desfile da marca com um modelo de lingerie simplesmente maravilhoso.

Lingerie Plus Size na Semana de Moda de Nova York

É difícil encontrar um sutiã tão lindo assim no Brasil. Fiquei babando por esse modelo, desejando que alguma marca criasse algo tão lindo assim em tamanhos menores.

Ashley também usou um outro modelo bárbaro, tipo tomara que caia, com uma renda sobreposta até o pescoço, causando um efeito de transparência incrível, lindo.

ashley-graham

Esse modelo eu já estou vendo em algumas marcas aqui no Brasil mesmo:

belles

Belles – Specialità

Esse modelo é da Belles, bem parecido, uma tendência, definitivamente. Fica perfeito com decotes.

Mas, voltando ao desfile, Ashley chamou a atenção dos holofotes na New York Fashion Week 2016 e paralisou a todos com tanta beleza. E não é pra menos, né? Ela é muito linda, glamourosa.

No seu Instagram encontrei mais algumas imagens dela e das lingeries:

ashley-graham-lingerie

semana de moda nova york

lingerie plus size

A top é uma ativista em defesa da diversidade do corpo feminino. Com a hashtag #IAmSizeSexy, a modelo tem incentivado mulheres a valorizarem o próprio corpo, independente do tamanho que vestem.

Sobre o desfile, Ashley postou “Que experiência incrível. Todas as meninas estavam demais”.

Uma iniciativa legal, que eu também super defendo. Penso que não somos nós quem temos que nos adaptar às regras de moda, mas o mercado precisa enxergar a diversidade e oferecer opções para todo tipo de corpo, sem preconceito, sem favoritismos.

Sei que isso parece utópico, às vezes, mas iniciativas como a da Ashley mostra que estamos no caminho!

Acompanhe um vídeo resumo da sua aparição no evento:



Desfile Mulheres Reais Verão 2016

Mulheres Reais: Nós amamos!

O inverno mal começou e já temos desfiles quentes! Semana passada foi a vez do Desfile Mulheres Reais Verão 2016.

Eu já falei bastante aqui no blog sobre o novo olhar que a indústria está tendo da mulher que veste números maiores. Campanhas polêmicas, marcas específicas só para elas, o crescimento impressionante desse mercado, celebridades plus size que estão tomando o lugar das magrelas.

Sem dúvida, o mundo fashion tem voltado o seu olhar para essa mulher que veste números acima do 46 e tem observado uma oportunidade de ótimos negócios.

O Desfile, que acontece desde 2009, mostrou coleções de lingerie e moda praia 2016. Nada de lingerie bege, sem graça ou de maiôs enormes preto, que mais escondem do que tudo. A mulher plus size é tão linda quanto qualquer outra magrinha (se não muito mais) e quer se vestir de uma forma sofisticada. 

Desfile Mulheres Reais Verão 2016

belle plage 2

belle plage 3

belle plage

Elas realmente chegam a chamar a atenção por usar roupas tão lindas. E na hora de dormir não precisa ser diferente. Podem conquistar e deixar os homens de queixo caído com camisolas, espartilhos e baby dolls lindos de viver.

magnolia 2

magnolia 3

magnolia 4

magnolia

A edição desse ano aconteceu no último dia 24, no Hotel Pergamon, em São Paulo e contou com a presença de sete marcas especializadas em produtos que usam a partir do tamanho 44. Foram 40 modelos de manequins que variaram do 46 ao 52, mostrando suas lindas curvas na passarela.

Varal de Moda+, Ênfase Plus Size, Ever Up Jeans Wear, Belle Plage, For Love, Magnólia Lingerie e Edson Eddel Noivas. Grifes super antenadas, focadas em um mercado de nicho que cresce cada ano mais.

Magnólia

magnolia43 Não apenas lingerie e moda praia, o desfile mostrou as tendências do que vai estar em alta nas ruas. É tanta coisa linda que eu queria muito…

ever up 2

ever up 3

ever up

for love

gisele santana

E você, o que achou? Também se apaixonou pelos modelos?

Fonte das imagens: Site Bol



Campanha quer acabar com o conceito Plus Size

Uma nova campanha está surgindo ao redor do mundo para acabar com o conceito Plus Size.

Chamado de #DropThePlus, o movimento começou nos EUA, por meio do site Drop The Plus.

A ideia é acabar com o termo “plus size“, que, para muitas pessoas, é pejorativo e rotulador. Os fundadores do movimento acreditam que não deve existir essa diferenciação, apenas tamanhos maiores dentro de todas as marcas e coleções.

No Brasil, a marca de lingerie Mondress já se posicionou mostrando que é super a favor. A sua numeração vai do 40 ao 52 e não faz distinção entre tamanhos “nomais” e “plus size”.

Campanha quer acabar com o conceito Plus Size

 

Esse é um assunto interessante, que pode revolucionar a forma das empresas de moda trabalharem suas grades e modelagens.

Queria saber sua opinião! Você é a favor de acabar com esse termo plus size?



Campanha plus size #ImNoAngel

Campanha #ImNoAngel faz barulho nas redes sociais!

Você se lembra da campanha da Victoria´s Secret com as modelos magérrimas e o slogan “The perfet body”?

Plus-Size-IamNoAngel-4

Foi uma das grandes polêmicas no mundo da lingerie no ano passado!

Agora, em resposta, a marca plus size Lane Bryant, lançou uma campanha linda, com modelos plus size e a hashtag #ImNoAngel.

Campanha plus size #ImNoPerfect

Foi uma verdadeira provocação ao estereótipo de mulher perfeita que a VS (e todo o mundo das passarelas) querem empurrar goela abaixo.

18229127_yyluF

18229150_16mSk

A marca contratou (lindas) modelos plus size e mostrou sua coleção de uma forma surpreendente.

18229152_yogeV

18229153_vBm8T

18229154_uqpnL

18229155_ihOBh

18229156_rGT1W

18229157_NSUfP

18229158_obDve

Considerada a campanha mais sexy de 2015, #ImNoAngel traz de volta a polêmica das modelos esqueléticas e de como a nossa sociedade ainda as vê como padrão ideal de beleza.


Mulheres plus size não se sentem representadas por essas marcas e a frustração é cada vez maior, ao ver poucas opções no mercado.

Ainda bem que isso tem começado a mudar nos últimos anos. De forma lenta e discreta, mas tem. Várias campanhas têm sido lançadas com esse foco, o que antes era impensável. Já é o início da mudança de mentalidade.

E você, o que achou?



Spanx – Lingerie que modela o corpo

celebridades spanx

Gwyneth Paltrow, Madonna, Oprah Winfrey e muitas outras celebridades já declararam o seu amor pela Spanx. A marca se tornou uma necessidade entre elas, que tornaram dependentes dos modeladores da marca para se exibirem no dia a dia.

A Spanx surgiu em 2000, em Atlanta, criada pela jovem  Sara Blakely. A princípio, os modelos lembravam aquelas calçolas e bermudas da vovó. E precisaram ser reinventados…

spanx - lingerie que modela o corpo

Em um entrevista para a Revista Exame, a moça disse “A combinação de meu espírito empreendedor com meu senso de humor pavimentou o caminho da Spanx. O marketing foi essencial. Nunca subestimei o poder da opinião das pessoas, seja da vizinha de porta, seja da Oprah”.

Com o passar do tempo e grandes campanhas de marketing, a marca foi ganhando o ♥ das americanas e de mulheres do mundo inteiro, inclusive das brasileiras!

A qualidade dos produtos é excepcional e o milagre que eles fazem no corpo das mulheres é o que as fazem pagar preços altos, até $300 por um modelador.

A quantidade de modelos é incrível. Não tem nada que você imagine para se adaptar a uma determinada roupa, que você não encontre lá. Cintas, bermudas, calças, meia-calças, bodys, tops, calcinhas, sutiãs.

modeladores

spanx eua

spanx modeladores

spanx onde encontrar spanx

A marca recentemente investiu no jeans modelador. Uma ideia sensacional!

pSPXNA-MSFD1914_DARKD_main_500x628

Hoje meninas muito novas já começam a usar modeladores para disfarçar excessos e medidas indesejáveis.

Com fotos assim na página dos produtos, fica difícil resistir, né?

pSPXNA-234_COCOA_beforeandafter_e500 pSPXNA-MS392_BLACK_beforeandafter_t326 spanx brasil

O site da marca ainda não envia para o Brasil, mas é possível encontrar vários modelos no site Amazon e na loja Loungerie.

Gosto dessa ideia. Confesso que não tenho esse hábito diariamente, mas uso em ocasiões especiais, com vestidos e roupas mais justas. É uma forma de parecer mais longilínea, com uma aparência mais clean.

Conheço homens, inclusive, que fazem uso diário de modeladores assim.

E você, faz uso de modeladores? Conte pra gente sua experiência!

Fonte: Revista Exame 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...