5 dicas para comprar lingerie de presente e acertar!

Comprar lingerie pode ser um grande desafio para homens e até mesmo mulheres!

Já quis dar uma lingerie de presente, mas se sentiu constrangido(a) ou completamente perdido(a) na hora de comprar?

Isso é mais comum do que se imagina. As pessoas têm dificuldade de lidar com isso ou porque acham difícil escolher um modelo adequado e acertar tanto no estilo quanto no tamanho, ou por sentirem vergonha de entrar em uma loja de lingerie e comprar. Sim, isso é muito normal.

Você pode não acreditar, mas recebo emails e mensagens de mulheres que se sentem constrangidas em comprar lingerie. Acho muito estranho, mas respeito. O que posso fazer é dizer para elas que comprar calcinha e sutiã é tão “Normal” quanto calça jeans e camiseta. Não existe diferença alguma…

Mas, enfim, os desafios são ligados a vários aspectos da personalidade, das experiências que cada um carrega, da visão de mundo.

O que importa é que as pessoas se sintam livres e à vontade quando o assunto é comprar lingerie.

Tenho 5 dicas que podem ajudar homens e mulheres a acertar na escolha:

1. Descubra o tamanho dela

como comprar lingerie

Essa é a primeira coisa que você precisa saber na hora de comprar. Talvez você não saiba exatamente a numeração, mas precisa ter uma ideia. P-M-G-GG são os tamanhos mais comuns. Tente observar o tamanho dela, se possui seios maiores, menores, um quadril mais largo, mais fino.

Lingeries sem bojo são mais fáceis de servirem, pois não têm que se adequar ao bojo com a mesma perfeição que os modelos com bojo.

Calcinhas com regulagem nas laterais também são indicados, pois são ajustáveis ao tamanho da pessoa.

Tente ser o mais assertivo possível, pois é um pouco ruim receber de presente um tamanho de lingerie (ou de qualquer outro item de moda) muito menor do que o seu tamanho. Dá uma tristezinha…

2. Descubra o estilo dela

mulher estilo

Perceber o estilo da pessoa é uma ideia legal para chegar bem perto de agradar. Observe se ela é mais tradicional ou se é descolada, se gosta de cores fortes ou mais tons cor da pele, se é mais romântica ou ousada.

A forma como a mulher se veste no exterior diz muito sobre ela e se reflete diretamente no que usa como lingerie também.

Observe que a idade também pode influenciar. Mulheres mais maduras têm um estilo diferenciado de jovenzinhas.

3. Dê algo do seu gosto

O estilo dela precisa ser observado, mas o seu gosto também é importante, especialmente no caso de homens comprando lingerie para a namorada, esposa. Não é legal comprar uma lingerie que você sabe que ela vai gostar, pois é o estilo dela, mas que não lhe agrada. O importante é tentar encontrar um ponto de equilíbrio.

4. Escolha bem a loja

loja online

Selecione bem a loja onde vai comprar. Lojas que não permitem a troca podem ser um problema. É importante que a pessoa tenha a possibilidade de trocar caso não sirva ou não goste.

Uma alternativa legal são as lojas de lingerie online. Você compra à distância, em casa, de forma confortável, pode tirar todas as suas dúvidas nos chat, por email ou telefone. Pode enviar direto para ela. E, caso não sirva, a troca normalmente é garantida e, muitas vezes, gratuita. Quer melhor que isso?

5. Seja discreto

Homens dando lingerie no primeiro encontro pode ser algo bem assustador para muitas mulheres. Seja discreto, um verdadeiro gentleman, use de sua sensibilidade, evite produtos muito vulgares, especialmente se você ainda não conseguiu desenvolver um nível de intimidade mais profundo.

Mulheres amam homens sinceros, mas sensíveis e interessados na felicidade delas!



5 lingeries que não podem faltar na sua mala de carnaval

Já está começando a pensar na mala de viagens para o carnaval?

E lá vem o Carnaval! Lingeries são um detalhe importantíssimo da mala, que muitas vezes a gente só se dá conta de que esqueceu ou de que não selecionou direito quando chega no destino final. E aí é uma lástima! Tem que sair correndo atrás de uma loja para comprar a lingerie certa para combinar com as roupas que levou.

Uma dica legal é, depois que você selecionar as roupas, vá à gaveta de lingerie e escolha os modelos certos para cada tipo de roupa. Mas vale o seguinte: escolha roupas que podem ser usadas com diferentes tipos de lingerie, especialmente sutiãs. Assim você não ocupa um espaço na mala (que é precioso) com uma lingerie que só pode ser usada com determinada roupa, que você nem sabe ao certo se vai usar. Afinal, a gente leva tanta coisa que não usa numa viagem, né?

Depois de escolher as roupas, selecione as lingeries. Preste atenção nos modelos e nas cores.

Agora, se você está viajando neste carnaval para curtir a praia ou o interior, algumas peças podem ser um verdadeiro achado na sua mala e eu não deixaria de levar por nada:

mala carnaval

1. Tomara que caia

O carnaval é no verão. E o verão pede um tomara que caia. Dificilmente você vai arrumar uma mala e não vai levar uma blusinha ou um vestido tomara que caia. Então escolha um bom modelo, que segura bem, e que pode ser usado com diferentes cores de roupas. O ideal é um nude, cor da pele (ou bege, como a maioria conhece). Combinam com tudo!

2. Strappy Bra

Eles vão dominar as ruas de todo o Brasil, isso é um fato! Todo look que você usar durante o dia ou a noite vai combinar com o strappy bra, o sutiã de tiras mais desejado e usado no Brasil e no mundo. Escolha um ou dois modelos que combinem com suas blusas, regatas e vestidos. Os modelos sem bojo podem ser lavados durante a viagem e secam mais facilmente. Super versáteis.

3. Calcinha confortável

Passar o dia e a noite dançando, curtindo, pulando e se divertindo exige calcinhas confortáveis. Modelos de algodão ou modal são os queridinhos. A pele respira melhor, são fáceis de lavar e secar. Modelos de microfibra também são gostosos de usar. Escolha as calcinhas que você ama usar no dia a dia. A regra é conforto.

4. Camisolas fresquinhas

Na hora de dormir (para quem vai dormir), o ideal é usar camisola, baby doll ou short doll bem confortável. Não se esqueça deles, fazem muita falta no calor!

5. Lingerie colorida

O carnaval combina com cores alegres, fortes. Pode ser o sutiã e a calcinha. Aqueles modelos de calcinha de renda são super procurados nessa época do ano, porque são coloridas, não marcam sob a roupa e deixam o corpo lindo. Aproveite para usar suas lingerie mais coloridas e as estampadas no carnaval, super combinam!



Casamento de dia: O que usar e as lingeries para combinar

Tem um casamento de dia e não sabe o que usar?

casamento de dia

Você recebe um convite para um casamento de dia. Aposto que a primeira coisa que passa pela cabeça de uma mulher nessas horas é: O que eu vou vestir?

Primeiro você pensa em todas as roupas que tem e, em seguida (com certeza absoluta), você chega à conclusão de que precisa comprar algo novo.

Independente de comprar algo novo ou não (porque podemos usar algo que já temos, é claro), precisamos saber o que é mais adequado para essa ocasião.

Então vamos lá. Siga algumas dicas de looks e de lingerie que podem ajudar bastante a acertar na hora de se vestir para um casamento de dia:

1. Vestido curto

casamento de dia o que usar

Os vestidos curtos são muito bem vindos, diferente, muitas vezes, de um casamento à noite, mais glamouroso. Você pode usar vestidos estampados, com padronagem floral, por exemplo, que ficam lindos.

Evite os exageros. Vestidos curtos demais podem causar constrangimento e, eu acredito, você não quer chamar mais atenção das pessoas do que a própria noiva, não é? Um tamanho acima dos joelhos ou midi são os mais indicados.

2. Vestido longo

vestidos-casamento-de-dia

O vestido longo é um clássico do casamento de dia. Normalmente são esvoaçantes, bem levinhos e delicados.

Laços são perfeitos. Complemente com um chapéu. Irresistível.

3. Cores e tecidos leves

O dia (ou o final da tarde) combinam muito com cores mais leves. Azul, verde, amarelo, rosa. Essas tonalidades em tons claros são as mais vistas nessa ocasião. Evite apenas o branco e o off white. Aquela história de que branco é só da noiva ainda existe. Então, na dúvida, opte por outra cor. Não gosto do preto para esse momento. O casamento realizado durante o dia pede uma cor mais leve, né?

Os tecidos seguem a mesma tendência. Seda e cetim são super indicados. Evite tecidos grossos, pesados.

4. Lingerie nude

lingerie nude

A lingerie é um “detalhe” da produção que não pode ficar de lado, especialmente quando se trata de tecidos leves e cores claras.

O tomara que caia é um dos modelos mais usados nas produções de um casamento realizado durante o dia, seja no campo, na praia, em um sítio e até mesmo na igreja.

O cor nude também é uma campeã, pois combina com as cores claras dos vestidos.

5. Calcinha sem costura

calcinha sem costura

A calcinha sem costura ou calcinha cortada a laser é um modelo ideal para vestidos de cores claras. Isso porque ela não marca sob a roupa. Fica escondidinha lá, como deve ser mesmo. Nada de calcinha à mostra nessa hora, heim?!

cinta modeladora

Uma ideia legal também é uma cinta, que pode ser fio dental ou não. Segura a barriguinha e não aparece sob a roupa.



Top Halter: Super tendência de moda

O Top Halter chegou de mansinho e ganhou as ruas!

Uma super tendência de moda é o Top Halter. Já ouviu falar nele?

É um modelo de sutiã top, que cobre bem os seios, até o pescoço quase e é frente única, isto é, possui amarração nas costas.

Top Halter

A ideia parece ter surgido do top cropped, que é um  modelo de top muito parecido com esse, porém, com uma extensão de tecido maior logo abaixo dos seios, na região do tórax.

O modelo parece ter ganhado uma nova forma e, ao invés dessa extensão para baixo, o novo modelo subiu um pouquinho.

Ele tem sido usado em looks outwear, com saias, shorts.

Top Halter

top cropped

Seguindo a tendência do biquíni de crochê, os modelos de crochê vieram com tudo. São charmosinhos, lembrando décadas passadas e a mulherada está louca atrás deles!

biquíni de croche

Agora, o que está fazendo sucesso mesmo são os biquínis top halter ou high neck ou top de praia (seus sinônimos). É uma tendência linda que chegou com tudo nas praias e piscinas de todo o Brasil.

high neck

top de praia

Surfistas aderiram à moda e estão adorando. O top deixa tudo no lugar, sem precisar se preocupar se está aparecendo, se os seios estão saindo do sutiã com uma onda mais forte, enfim, uma tendência perfeita para quem pega ondas.

biquini halter

O que acompanha o top halter é a hot pant. Ela também veio com tudo nesse verão. A hot pant é aquela calcinha de cintura alta, que ganhou uma releitura nos últimos anos.

A combinação é interessante, embora pessoalmente eu não seja muito fã. Acho que a hot pant é polêmica e perigosa. Se a pessoa não é bem magrinha, costuma ficar parecida com uma cinta. E isso não combina com a praia. Então, tenho uma pequena resistência com a peça.

hot pant

Mas tem gente adorando e abusando da tendência top halter + hot pant. Agora, se optar por eles, esqueça o sol! As marcas dessa combinação são piores que as de um maiô, pode acreditar.

calcinha de biquini alta

E quem precisa ficar se torrando no sol, né? A moda agora é correr dele e estar sempre linda e bem vestida. Adoro isso!



Espartilho: Descubra os segredos dessa lingerie

Espatilho: De onde veio, o que é, como usar!

O espartilho é uma peça de desejo que desperta a curiosidade de homens e mulheres. Mas nem sempre foi assim, sabia?

Quando ele foi criado, por volta do século 16, na Inglaterra, a mulherada usava com duas finalidades: manter a cintura e dar suporte aos seios. Acredita?

Só no século 19 é que começou a obsessão para afinar a cintura, então, o espartilho ganhou uma nova função. Aquelas imagens de mulheres que mal conseguem respirar com espartilhos amarrados nas costas e cinturas finíssimas são um clássico do cinema, dos filmes de época. Amo as adaptações de Jane Eyre, que sempre trazem um figurino cheio dessas figuras. Espartilho para afinar a cintura. Essa era a nova moda.

Quando o sutiã foi criado, a lingerie caiu em desuso (o que significa que tinha o forte objetivo de segurar os seios, né?). Isso foi em 1901. Ele só voltou com a chegada do estilo Pin Up em 1940. E, a partir daí, tornou-se um fetiche. Os homens foram se apaixonando pelo espartilho: comprar a peça virou um desejo e uma necessidade do guarda-roupa.

Ainda permanece a dúvida: Espartilho afina a cintura? Isso dá o que falar, até uma nova moda, o Waist Training, adotada pelas celebridades, tem sido uma alternativa para voltar aos métodos antigos e deixar a cintura mais fina. O espartilho pode ajudar, assim como um corset para afinar a cintura, que é uma peça bem semelhante ao espartilhos, com pequenas diferenças.

Mas, afinal, o que você precisa saber sobre o espartilho?

espartilho

De Chelles

1. Pode ser usado com ou sem liga

espartilho preto

Specialità

Os modelos mais tradicionais e que deixam qualquer homem maluquinho, sem dúvida, são aqueles com ligas (aquelas tiras que se prendem à meia-calça). As ligas são para serem usadas com meia-calça. Alguns modelos possuem as ligas removíveis, o que é bem legal também. Então você pode optar por usar com ou sem elas.

2. Se usado com liga, use meia-calça

Se você optar por usar um modelo com as ligas, então, opte por uma meia-calça de pezinho (a tradicional) ou uma meia sem pé, que termina no calcanhar. Lembrando que essa última é um modelo que não dá pra sair por aí, não é uma legging, heim?! O importante é saber que as ligas pedem necessariamente a meia-calça.

3. Espartilho preto é um ícone

espartilho comprar

Belles

O espartilho preto faz parte das fantasias masculinas, isso é fato. Mas que mulher não se sente linda e poderosa em um espartilho preto, chiquérrimo, com detalhes dourados ou cheio de rendas e pedraria?

4. Espartilho vermelho é um desejo

Mesmo com todo o glamour e sofisticação do espartilho preto, ninguém pode tirar o mérito do vermelho, que também habita o imaginário masculino, muitas vezes, com muito mais presença que qualquer outra peça de lingerie.

Despir-se do preconceito e dos estigmas é o ponto de partida para usar ou dar de presente. Pode ser surpreendente!

5. Não use sem salto

Agora, se você está decidida a usar um espartilho, causar um efeito diferente, sair da rotina, conquistar aquela pessoa, manter o relacionamento caliente, fique atenta: Espartilho e salto alto andam juntos. Nada de usá-lo com chinelo (nem acredito que preciso dizer isso) ou sandalinha rasteira ou qualquer outra coisa que não seja um salto!

6. Espatilho pode ser usado como outwear

espartilho

Belles

Uma nova moda mais democrática que permite o uso dessa lingerie como item de outwear tem ganhado as passarelas, as ruas e o olhar da mulherada. Usar um espartilho mais sofisticado, com cara de body, bem estilo, com uma jaquetinha por cima ou algum outro acessório, pode ser uma super sacada, que deixa o look incrível.

Enfim, o espartilho pode ser o que falta para você arrasar nas suas produções. Deixe o medo de lado e tenha coragem de ousar!

*Fonte das Imagens: Specialità Lingerie



9 Dicas do que não fazer com seus sutiãs

Imagine um post só com dicas patéticas sobre sutiãs.

Não é o caso desse post, é claro, mas confesso que não resisti. Dizem que o papel aceita qualquer coisa, né? A tela do computador também!

Li um artigo em um site com o título “9 truques sobre o sutiã que toda mulher deveria saber“. Aguçou a minha curiosidade. E eu ri o resto do dia! Incrível como as pessoas se metem a escrever sobre assuntos que não dominam e ficam nessa de “x dicas sobre isso e aquilo” para ganhar audiência.

Reproduzi as imagens dos posts aqui no TDL para você rir um pouco e para ver que existe solução para tudo, mas não essas que foram sugeridas.

1. “Bolsinha secreta”

1

Gente! Isso não se faz! A ente não deve misturar dinheiro e pele. Por mais que o dinheiro fique dentro do “saquinho”, o risco de se ter algum problema existe. Dinheiro se guarda na carteira, ou em algum bolso da calça!

2. Como guardar sutiã

2

A ideia não é de todo ruim, mas a chance da parte central do seus sutiãs danificar é grande. Será que vale a pena? O ideal é guardar os sutiãs abertos em uma gaveta. Será que é tão difícil fazer isso? Pra que inventar moda?

3. Como lavar sutiãs

3

Colocar o sutiã em um saquinho antes de colocar na máquina de lavar não é tão ruim assim. Só que essa imagem aí não é de um saquinho para máquina, é de um estojo para transporte. Mesmo assim, um péssimo tipo de estojo, pois exige que se dobre o sutiã ao meio para caber. Dar a dica e mostrar outra imagem não dá…

4. “Bojo removível”

4

Essa dica está entre as piores. Costura um sutiã velho dentro de uma roupa?? Que coisa mais horrorosa! Pra isso existem hoje os sutiãs invisíveis, com as costas nuas, de silicone ou tecido.

5. Forrinho falso

5

Tenho aversão a esse lance. Acho tão cafona… Há tantas opções de sutiãs com cobertura de renda. Ou mesmo blusinhas que podem ser usadas e cumprir esse papel de amenizar o decote.

6. Uma forcinha para o tomara que caia

6

Se o tomara que caia está caindo, é porque você está usando o tamanho errado, ou um modelo que não vestiu bem. Invista em um sutiã tomara que caia de qualidade. Vale a pena. Você vai agradecer pelo resto do verão!

7. Ombreira removível

7

Se a alça do sutiã está machucando (a ponto de causar “bolha” – gente, é um sutiã ou um instrumento de tortura?), então compre sutiãs com alças mais largas, mais confortáveis. Não é correto o sutiã machucar. Nem o peso dos seios pode causar isso.

9. Absorvente diário???

8

Essa é uma dica bem bizarra! Da mesma forma que a alça do sutiã não pode incomodar, nenhuma outra parte dele pode. Nem fechos, colchetes, argolas, enfim, se isso acontecer, descarte, doa, faça o que quiser, mas invista em lingerie de qualidade… Toda mulher merece isso!

9. O “super truque” do clip

9

Essa dica é a cara da pobreza! Depois de tentar aliviar a “dor” que o sutiã pode causar, o autor deu essa ideia sensacional, de juntar as alças do sutiã com um clip! Pode? Já ouviu falar em sutiã com decote nadador? Ou o tomara que caia? Eles fazem esse papel de forma perfeita!

Fonte do post: Site Bamzum

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...