As lingeries da Galeria Lafayette

Quando se fala em Paris, depois da Torre Eiffel, a primeira coisa que vem à mente é a famosa Galeria Lafayette (Galeries Lafayette).

Para quem nunca esteve em Paris, basta fechar os olhos e imaginar um paraíso com todas as marcas mais famosas do mundo da alta costura, além de acessórios, cosméticos, maquiagem e tudo mais que envolve o glamouroso mundo fashion.

Sem contar a arquitetura, que é estonteante!

As lingeries da Galeria Lafayette

16

Agora abra os olhos que eu quero te mostrar as lingeries da Galeria Lafayette. São as melhores e mais famosas marcas do mundo, não apenas as francesas. Sou capaz de ficar horas só no nesse andar da loja.

lingerie em paris

comprar lingerie em paris

Agora em janeiro estive lá para visitar a Interfiliére e não pude deixar de fazer a visita básica ao paraíso, claro.

blog de lingerie

As principais marcas que vão fazer você ficar babando durante horas são:

9Simone Pérèle

13

Implicite

12

 Spanx

11

 Agent Provocateur

7

 Passionata

Além dessas, temos a desejada La Perla, Aubade, Calvin Klein, Chantelle, Cosabella, Intimissimi, entre tantas outras…

Se você estiver pensando em passear por lá, não deixe de conhecer! Janeiro, inclusive, é o mês da liquidação anual, então, os preços caem bastante. Fica bem difícil resistir. Olha só a blogueira tentando!

4

Então, fica a dica! Não se esqueça de incluir uma visitinha no andar das lingeries, vai valer a pena!



A camisola da Maria Ísis

Quem acompanha a novela Império deve ter notado no capítulo de ontem à noite mais uma aparição da Maria Ísis, uma das personagens cujas lingeries mais fizeram sucesso nas telinhas da Globo até hoje!

Só para você ter uma ideia, as lingeries da Maria Ísis é um dos assuntos mais pesquisados aqui no blog, acredita?

Também, não é pra menos, a Marina Ruy Barbosa, atriz que interpreta a personagem é uma linda, meiga e delicada, que todo ama. E parece-me que a personagem dela na novela é uma ninfeta, então, mais um plus para atrair olhares femininos e masculinos.

Ontem ela apareceu com uma camisola mais fofa, da Boutique Arquiteta do Amor, uma loja super charmosa, que vende lingeries pela internet.

A camisola da Marina Ruy Barbosa

11033351_1080940105265283_1123809011_o

 

O modelo que ela usou é esse aqui:

 11039374_1080939698598657_1637007559_n11016698_1080939695265324_1546773535_n

O modelo foi todo feito à mão pela estilista Karol Martins, com detalhes em renda crochê na cor off white.

Não é um sonho?

Amei!



Sutiãs multiformas para vestidos de festa

E o Oscar 2015 não para de ser assunto em todos os sites de notícias e blogs de moda!

Muitos vestidos lindos, outros nem tanto, mulheres belíssimas, muitos prêmios. É a festa mais esperada no cinema. E a gente fica de olho para se inspirar nos looks escolhidos pelas atrizes mais mais famosas do mundo, né? Ou vai me dizer que você não ficou babando no vestido da Jennifer Lopez?

Sutiãs multiformas para vestidos de festa

22fev2015---dakota-johnson-a-estrela-do-filme-50-tons-de-cinza-chega-ao-tapete-vermelho-do-oscar-vestindo-um-deslumbrante-vestido-vermelho-saint-laurent-a-atriz-optou-por

anna kendrick

catt sadler

rosamund pike

RTEmagicC_Heidi_Klum_e_Isabeli_Fontana_560x360_2.jpg

scarlett johansson

Mas quando a gente está se preparando para uma grande festa, sempre vem aquela pergunta: Com que sutiã eu vou?

Os vestidos de festa normalmente são cavados nas costas, tomara que caia ou têm decotes profundos. E os sutiãs tradicionais não se encaixam.

Algumas mulheres podem se dar ao luxo de não usar nada, principalmente as mais jovens. Mas…

Se este não é o seu caso, então eu vou sugerir um tipo de sutiã bem interessante, que é o multiformas ou multifuncional.

foto3b

As alças são bem grandes, exatamente para que possam ser usadas de diferentes formas, inclusive presas com uma pequena presilha na calcinha. É a melhor forma de se usar um vestido com costas nuas e, ao mesmo tempo, se sentir segura e confortável.

Alguns modelos ainda são tomara que caia, o que é bem legal, pois ainda permite o seu uso com esse tipo de decote.

Selecionei alguns modelos para você escolher e ficar linda na próxima festa!

dafiti

 Marcyn – Dafiti

spt

Lucitex – Specialità Lingerie 


linna

 Linna – Satina



Dear Kate mostra mulheres reais em campanha e causa polêmica

Você se vê representada pelas modelos de lingerie que vê por aí?

Magreza excessiva, photoshop sem fim, silicone que não acaba mais. Já falei muito sobre isso aqui, mas o assunto é irresistível. Marcas que apresentam campanhas publicitárias focando nas mulheres reais chamam muito a minha atenção.

Não posso dizer qual é o retorno financeiro e o sucesso das campanhas, mas percebo que essa estratégia vem ganhando cada vez mais força e o coração das mulheres.

Agora é a vez da Dear Kate, uma marca de lingerie americana que foca em tecidos tecnológicos e no conforto da mulher.

Dear Kate mostra mulheres reais em campanha e causa polêmica

Dear Kate mostra mulheres reais em campanha e causa polêmica!

A última campanha trouxe executivas da área tecnológica usando só underwear no local de trabalho. As mulheres são comuns, algumas magras, outras mais gordinhas, com suas estrias, celulites e gordurinhas á mostra, tudo sem photoshop.

lookbook_final

A campanha mostra as peças da Coleção Ada, uma homenagem à programadora Ada Lovelace.

lookbook_final3

lookbook_final4

As críticas foram inevitáveis. Muitos não gostaram, pois acharam a campanha “bizarra” e “sexista“. “No Vale do Silício, agora mais do que nunca, há uma tensão na forma como as mulheres são vistas: uma visão romântica ou sexual e outra profissional“, foi o que disse Elissa Shevinsky, CEO do Glimpse Labs, à Revista TIME. “Mostrar-se desta forma, sem roupa, tem conotação inerentemente sexual, e enfraquece a imagem das mulheres no mundo da tecnologia. Isto é verdade tanto para homens quanto para mulheres“.

Mas muito mais que críticas, a campanha recebeu aplausos. Olivia Muenter acredita que ela é surpreendente, já que aponta para a diversidade das mulheres. “O fato de [os produtos] serem apresentados por mulheres que estão maravilhosamente reais, com corpos que se parecem com os nossos e carreiras bem-sucedidas, é uma mensagem realmente poderosa“, disse.

lookbook_final5

lookbook_final6

Julie Sygiel, fundadora e CEO da Dear Kate, tinha em mente reunir mulheres ligadas ao mundo da tecnologia, exatamente para mostrar o que as mulheres pensam e fazem, ao invés de mostrar apenas a sua aparência.

Nós acreditamos que as mulheres devem ser levadas a sério, independente do que elas estejam vestindo“, disse Sygiel. “Isso vale também para as mulheres de qualquer profissão, já que a forma como alguém se veste não deveria ter nenhuma relação com a sua capacidade ou a sua inteligência“.

lookbook_final11

lookbook10

Se alguém vê a nossa campanha como uma forma de perpetuar o sexismo é porque essas pessoas têm certas expectativas sobre as mulheres. Na nossa maneira de ver o mundo, as mulheres podem ser tão poderosas de roupas íntimas quanto elas são de terno. Não é justo para as mulheres de tecnologia serem apontadas e confinadas a um comportamento mais conservador, simplesmente porque elas trabalham em um campo dominado por homens“.

Achei a campanha surpreendente, nada machista ou sexista. Afinal, qual é a diferença entre um anúncio comum de lingerie, com uma mulher quase nua, maravilhosa, magérrima, cheia de retoques e um anúncio como esse? É meio hipócrita dizer que essa é uma campanha sexista. Se for assim, todas são. Mostrar mulheres reais em suas atividades diárias só faz com que nos identifiquemos com elas, desperta o nosso interesse para a marca, para o que estão vestindo.

E você, o que achou?

Fonte: www.brasilpost.com.br



Sutiã à mostra: pode tudo?

Uma amiga muito querida, a Mara, me enviou uma reportagem ontem que me fez quase chorar. Não sei se foi de rir ou se foi de tristeza!

Se não foi uma armação do telejornal (o que não duvido muito), olha o ponto em que chegou essa cidadã.

Está certo que a lingerie é um item de moda que pode aparecer, de vez em quando, de forma discreta e sofisticada. Mas isso aí é surreal. Sair de casa usando um cropped e defender que é um “top” é algo realmente impressionante.

Não sei quais são as regras para se andar no metrô de Porto Alegre nem se isso seria geraria consequências maiores (juridicamente falando), mas a verdade é que o bom senso mandou lembranças nesse caso.

Não custa dar uma olhadinha no espelho, perguntar ao marido ou aos filhos o que acham do look, enfim, só sai de casa assim quem quer!

E nem vem com essa de “É Carnaval”, porque o contexto era bem diferente de carnaval!

Uma regata branquinha até mesmo cavadinha, deixando o “top” à mostra resolveria o problema da moça!

Alguém discorda?

Fonte do vídeo: rederecord.r7.com



Em tempos de Cinquenta Tons de Cinza…

Em tempos de Cinquenta Tons de Cinza...

Estamos vendo a obsessão das pessoas pelo filme “Cinquenta tons de cinza“. Eu até poderia escrever um pouco sobre ele, mas uma palavra resume o que sinto a respeito: Preguiça. Sinto um enorme desânimo na alma só de pensar em ter que escrever sobre um assunto que não me interessa.

A obra de Erika Leonard James, na verdade, guarda alguma similaridade com os romances picantes Sabrina, Júlia, Bianca, que eram tão estereotipados em décadas passadas. Eu me lembro de passar em frente a uma banca de revistas, quando pequena, e ver a capa desses romances eróticos com uma folha em branco por cima, devido ao “nível de pornografia”. Você se lembra disso? Quem lia, escondia, tinha vergonha que os outros descobrissem.

Se você não assiste o filme hoje, chega a ser até menosprezada. Engraçado como as mesmas coisas ganham roupagens diferentes, né?

Então, falar de sadomasoquismo e escravidão sexual ou de fazer coisas que se odeia para agradar alguém, no sentido sexual, está fora do meu mundo. E podem me chamar de careta, antiguinha, fora de moda. Aposto que, comigo, está a maioria das mulheres, que não têm coragem de assumir. Afinal, ir contra esse sistema que há por aí é para as corajosas apenas.

Mas… Não ter afeição pelo sadomasoquismo não significa frieza ou indiferença. Um chicote pode não agradar você. A violência pode não atrair os seus sentidos. Natural. Mas há tantas coisas legais e lindas que podemos fazer para sermos vistas e desejadas!

A lingerie é uma delas. E não se trata de machismo. De vez em quando ouço homens reclamando que chegam em casa e suas esposas estão vestidas de uma forma tão desinteressante, que preferem ir dormir. Eu sei que você trabalha, cuida dos filhos, cuida da casa, faz compras no supermercado, e está quase sempre cansada, só querendo assentar na frente da TV e curtir uma TV. Você não é a única.

Mas o relacionamento a dois requer cuidados especiais, que não precisam ser necessariamente um peso. Quando a mulher descobre que o poder que tem nas mãos, pode tornar tudo mais interessante e agradável. Uma calcinha mais provocante, um espartilho de vez em quando, uma lingerie mais picante…

Ouço amigas dizendo que não usam, por exemplo, uma calcinha fio dental por nada nesse mundo. A gente sabe que essa lingerie pode incomodar um pouco, mas quebrar os paradigmas de vez em quando e agradar o companheiro pode ser surpreendente, até mesmo para nós mesmas.

Coisas pequenas e simples, que não nos ferem, não nos subjugam, podem fazer parte do nosso dia a dia, da nossa relação.

Um creme de massagem, uma lingerie mais erótica, sair da rotina com coisas diferentes podem ajudar casais que se sentem desmotivados. E as mulheres mais inteligentes, que saem de suas zonas de conforto para tentar o novo, o diferente, o que pode conquistar, costumam ter surpresas agradáveis.

Fica a dica para você pensar!



O Valentine’s Day está chegando!

O Valentine’s Day está chegando! É no próximo sábado, dia 14!

Para quem não sabe, é o Dia dos Namorados na Europa e EUA. O amor está no ar!

No Brasil, a data é comemorada quatro meses depois, em junho, mas a comemoração também no dia 12 de fevereiro está começando a pegar aqui.

Eu acho um barato, porque é mais uma oportunidade de celebrar o amor, a amizade, a cumplicidade, o carinho…

É uma ótima oportunidade para sair, jantar em um lugar especial, assistir a um filme (inclusive essa semana é a estreia de “50 Tons de Cinza”), passear um pouquinho.

Ou até mesmo fazer um jantarzinho em casa e abrir aquele vinho que está guardado, esperando a ocasião certa (a gente sempre tem um no armário, não é?). Se for à luz de velas, então!

Para acompanhar, lingerie!

Selecionei alguns modelinhos das marcas De Chelles e Belles (que estão entre as minhas preferidas) para você usar ou se inspirar nesse Valentine’s Day:

O Valentine's Day está chegando!

Specialità Lingerie

Specialità

Valentine's Day

Dia dos Namorados

6

7

8

Todos os modelos podem ser encontrados na Specialità Lingerie.

E então? Qual será a sua escolha para o Vanetine’s Day?



Marca da Turquia faz sucesso em Paris

Vou trazer para vocês, nos próximos dias, algumas marcas de lingerie que chamaram muito a minha atenção no Salon International de la Lingerie.

Uma delas, apesar do nome super diferente, é a Zumruduanka. É isso mesmo, não se assuste. O significado é da águia Fênix, que renasceu das cinzas. A história é bem interessante, iz respeito ao surgimento de uma nova mulher.

E uma mulher requintada, luxuosa e de muita sofisticação!

As peças da marca são lindas, delicadas, com um toque de glamour e muita sensualidade.

Marca da Turquia faz sucesso em Paris

lingerie Turkey

turkish lingerie

salon international de la lingerie

interfiliere

7

8

9

10

11

12

Tive o prazer de conhecer uma das estilistas da marca, que trabalha cada detalhe com muito carinho… Um doce de pessoa!

IMG_3434

A marca (ainda) não está à venda no Brasil, mas quem se interessar pode entrar em contato pelo site.

Um luxo, não é?

 



Tendências do Salon International de la Lingerie 2015

Hoje eu vou dividir com vocês as Tendências do Salon International de la Lingerie 2015, que aconteceu no finalzinho de janeiro.

Como eu já havia dito, os desfiles foram verdadeiros shows, com tema nos anos 20 e no filme The Great Gatsby. Isso, só o figurino, pois as lingeries e as tendências foram super atuais.

A lingerie europeia é diferente. Nem adiante torcer o nariz e dizer que é feia, pois é simplesmente diferente da nossa. Os sutiãs são maiores e as calcinhas também, especialmente na parte de trás.

Mas têm a sua beleza. O que me encanta nela são os tecidos, as rendas e as cores. As mais sofisticadas, trazem cores lindas, mais sóbrias, como o azul marinho, o off-white e o nude, que eu amo.

O preto imperou absoluto em todas as marcas.

Tendências do Salon International de la Lingerie 2015

Transparências e recortes geométricos estavam em quase todas as peças. Um fascínio… São os dois detalhes que mais amo na lingerie.

Interfilière

Teve até asa que lembrava as angels da VS, o que eu achei desnecessário, pois a lingerie europeia não tem nada a ver com a marca americana.

Interfilière 2015O branco e o off-white estão sempre em alta. Ainda são uma preferência mundial entre as noivas!

tendências de lingerie

lingerie europeiaUm modelo que chamou a atenção foi essa calcinha adesiva, que aqui no Brasil foi muito criticada. Sabe que eu achei até interessante?

lingerie de parisMe surpreendi com o vermelho. Não imaginava que fosse estar tão forte em várias marcas.

1

2E o verde foi outra grande surpresa! Especialmente o cítrico, que é esse tom mais forte. Não aquele neon que a gente vê de vez em quando, mas uma tonalidade mais sofisticada. Eu o vi em diversas coleções. Já vi em algumas marcas aqui no Brasil e acho que super combina com o nosso clima. Gostaria de ver mais pessoas usando.

1

O nude é um cor incrível e os europeus sabem trabalhar muito bem esse tom. As rendas e sedas nessa tonalidade são as mais lindas do mundo e acabam de vez com a ideia de que lingerie bege é coisa da vovó! 2Por fim, uma cor que eu vi em algumas marcas e pela qual sou completamente apaixonada são os tons terrosos. Na verdade, é uma tonalidade de marrom, misturado com dourado, que combina com todos os tons de pele e deixa a mulher muito elegante.

1Os tecidos na Europa são os mais luxuosos possíveis. Nada de microfibra. Camisolas e robes só de seda fina. E recortes de rendas de cair o queixo.

Vi poucas estampas. O que prevaleceu foram as peças lisas, com poucas misturas de cores. Nada de bichos e poucas flores.

Mas gosto dessas estampas, apesar de não ver por lá! Temos algumas lindas aqui no Brasil, pelas quais eles se apaixonariam, sem dúvida! Nada de ficar achando que a grama do vizinho é mais verde que a nossa! rsrs

Mas se tem uma coisa que precisamos aprender com eles, é a desenvolver produtos de extrema qualidade. Nisso eles são bem melhores…

Bom, acredito que deu pra ter uma ideia do que rolou lá, que provavelmente, é um reflexo das grandes semanas de moda do mundo inteiro, já que a lingerie é um item de moda hoje.

Espero que tenha gostado e que as fotos ajudem você a compor o seu guarda-roupa de inverno!

Crédito das fotos: Quotidiano



O que rolou na Interfilière 2015

Agora sim! Depois de passar uns dias em Paris, acabei indo a Londres, a cidade do meu ♥, e agora estou de volta ao Brasil! É muito gostoso viajar, ver coisas diferentes, mas é uma delícia voltar pra casa também, principalmente com muitas novidades.

Tive a oportunidade de participar da Interfilière e do Salon International de la Lingerie, que aconteceram na última semana de janeiro, em Paris. São duas feiras em uma só. A primeira é só com fornecedores para a fabricação de lingerie. A segunda, apresenta as marcas de lingerie para quem quer conhecer, revender, representar, enfim… E agora vou tentar mostrar tudo o que rolou na Interfilière 2015 e no Salão!

O que rolou na Interfilière 2015

Já estive em várias feiras no Brasil e confesso que nunca vi nada parecido. O evento é incrivelmente bem organizado e a feira é gigante. Três dias é pouco tempo pra ver tudo e conversar com todo mundo (porque eu não posso só passar pelos stands, tenho que bater um papo, conhecer o(a) estilista da marca, sabem como é, né?).

Mas queria dividir um pouquinho do que eu vi lá.

A Interfilière foi um evento lindo, com rendas, tecidos, bordados, bojos, aviamentos, tudo o que se possa imaginar para a fabricação de lingerie do mundo inteiro. Nunca vi materiais mais lindos. Alguém pode me dizer por que não temos isso tudo no Brasil ainda?

lingerie em paris

interfiliere

salon international de la lingerie

No Salon International de la Lingerie, os stands de cada marca eram lindos, interessantes e enormes. Nem precisa dizer que eram só marcas TOP do mundo inteiro, né?

1

2

3

4

Vários deles tinham suas modelos (não tão lindas quanto as brasileira, é claro), e alguns apresentavam seus shows particulares.

IMG_2870

IMG_2782

IMG_2921

IMG_2897

A decoração da feira, em geral, estava linda também, com muitas inspirações.

1

2

Paris, na verdade, é a capital das lingeries. Acredito que nenhum lugar do mundo seja mais ligado nelas do que Paris. As mulheres de lá são obcecadas pelas pequenas peças do nosso vestuário, há uma loja a cada esquina.

Os desfiles da feira foram verdadeiros shows. As peças eram lindas, levando-se em consideração a modelagem européia, as músicas, a iluminação, tudo muito sofisticado e glamouroso!

quotidiano 2

quotidiano 3Crédito das fotos: Quotidiano

salon 2

salon 3

Crédito das fotos: Salon International de la Lingerie

O evento apresentou tendências bem interessantes, que merecem um post exclusivo, que está no forno. Então, aguardem mais novidades!

Espero que tenham conseguido ter uma pequena noção do que foi a feira. Super recomendo para pessoas que trabalham no segmento e para lingerie lovers!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...